PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Ela é o diabo! Laureta mata com injeção de ar e deixa público confuso

Laureta (Adriana Esteves) mata Januária (Zeca de Abreu) com uma injeção de ar - Reprodução/Globo
Laureta (Adriana Esteves) mata Januária (Zeca de Abreu) com uma injeção de ar Imagem: Reprodução/Globo

Carolina Farias

Do UOL, no Rio

06/08/2018 22h18

O assassinato de Januária (Zeca de Abreu) por Laureta (Adriana Esteves) em "Segundo Sol" mereceu um flashback no capítulo desta segunda-feira (6) para o público entender como a curandeira morreu. Mas a forma que a vilã achou para matar a vítima confundiu ainda mais a cabeça dos telespectadores: ela usou uma injeção de ar.

Laureta consegue dopar Januária com um líquido em um pano e depois aplica uma "dose" de ar na veia de um dos pés da curandeira que era testemunha da trama que Laureta armou com Karola (Deborah Secco) para roubarem o filho de Luzia (Giovanna Antonelli). O "procedimento" se chama embolia gasosa.

A técnica para a morte de Januária deixou os telespectadores em dúvida. "Fui pesquisar sobre injeção de ar e realmente leva à morte. Tô surpreso", postou um telespectador no Twitter. "O autor explicando a morte da Januária! Mesmo assim foi ruim", reclamou outro.

Mas o que não deixou dúvidas entre os fãs da novela é a vilania de Laureta. "Quando eu chegar ao inferno o diabo me receberá de braços abertos em uma festa", disse a personagem a Karola após contar sobre o crime.

"Pra que o inferno se ela é o próprio capeta?", perguntou uma seguidora. "Eu quero esse vídeo da Laureta falando de quando ela for pro inferno", pediu um fã. 

Até a outra vilã eternizada por Adriana Esteves em "Avenida Brasil" foi lembrada após a cena. "Laureta tá chegando aos pés de Carminha", recordou uma telespectadora.

TV e Famosos