PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Brad Pitt pagou milhões de pensão à Angelina Jolie e irá provar, diz site

Luke MacGregor/Reuters
Imagem: Luke MacGregor/Reuters

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

08/08/2018 08h06

Acusado por Angelina Jolie de não pagar a pensão dos filhos, Brad Pitt teria cumprido suas obrigações de pai em um acordo informal realizado com a atriz.

Segundo fontes do site TMZ, especializado em celebridades, Pitt depositou milhões de dólares às crianças.

Nos documentos apresentados por Jolie ao tribunal de Los Angeles, ela cita o acordo informal. Mas, de acordo com o TMZ, a quantia que Brad Pitt concordou em pagar seria "muito, muito maior".

Jolie entrou com processo contra o ex-marido, alegando que quase dois anos após a separação "[ele] não pagou nenhum apoio significativo às crianças".

Fontes do TMZ definem a acusação da atriz como "uma piada" e que "a verdade virá à tona".

Angelina Jolie e Brad Pitt se conheceram em 2003 quando protagonizaram o filme "Sr. & Sra. Smith" e se casaram em 2014. A separação veio dois anos depois ao alegarem "diferenças irreconciliáveis". Eles têm seis filhos: Vivienne, Knox, Zahara, Maddox, Shiloh e Pax. 

Separação conturbada

A advogada de Angelina Jolie, Laura Wasser, pediu demissão e não vai mais defendê-la no caso do divórcio com Brad Pitt, segundo informações publicadas pelo site TMZ.

De acordo com fontes ouvidas pelo site, as reuniões entre Jolie e Wasser eram marcadas por gritaria e discussões acaloradas. A atriz supostamente quer proibir que Brad  Pitt tenha qualquer acesso aos seis filhos do casal.

O TMZ afirmou que Angelina Jolie já contratou um novo escritório de advocacia para assumir o caso, que está longe de se resolver. "É guerra total", escreveu o site.

A advogada Laura Wasser ficou conhecida no mundo das celebridades como a "rainha dos divórcios". Ela já atuou nos divórcios de Ryan Reynolds, Ashton Kutcher, Johnny Depp, Christina Aguilera e Heidi Klum.

Famosos