Topo

Famosos

Mulher de Marcos Mion lembra câncer e diz que ele descobriu: "Eu não senti"

Reprodução/Instagram
Suzana Gullo Imagem: Reprodução/Instagram

Rodrigo Soares

Colaboração para o UOL

10/08/2018 11h48

Em entrevista para Mariana Kupfer no YouTube, Suzana Gullo, mulher do apresentador Marcos Mion, lembrou o câncer de mama que enfrentou e venceu em 2016. No papo, ela revelou que foi o marido que primeiro notou que ela estava com um nódulo no seio.

"Eu descobri em janeiro de 2016. Foi o Marcos que descobriu. Eu tinha dormido na cama antes dele, estava com roupa de academia. Tinha feito academia em Miami (nos Estados Unidos), a gente tava lá. Ele me viu na cama, foi me ajeitar, não quis me acordar. Ele tirou meu top, que aperta muito, na hora que ele tirou ele sentiu um carocinho. Eu acho que foi um anjo porque era muito pequeno. Eu não senti. Quando acordei, ele perguntou se eu já tinha. E eu nunca tinha sentido nada parecido. Só sei que liguei para o meu ginecologista e falei. Ele disse que eu podia relaxar, para curtir a viagem. Não curti, foram 10 dias tensos. Quando voltei, fui direto nele. Quando chegou o resultado eu já sabia que ia enfrentar algo parecido", disse.

Dois anos depois, ela avalia como um grande marco em sua vida tudo o que passou. "Eu era uma pessoa antes e outra melhor depois. Em todos os aspectos. Me cuido mais, cuido mais de quem eu amo, dou valor nas pequenas coisas, tenho outro olhar para meus filhos, marido e todos que amo. Aprendi a ter essa paz dentro de mim. Nada vem por acaso, problemas existem para que a gente supere", analisou.

Ela ainda falou sobre como foi descobrir que Romeo, de 12 anos, primogênito dela e de Mion, foi diagnosticado como do espectro autista.

"Não foi algo que descobrimos do dia para o noite. Ele foi tendo pequenos atrasos e a gente levou em um médico, depois outro. O diagnóstico dele foi só aos 7 anos. Até lá, os neurologistas falavam que podia ser só um atraso que ele ia correr atrás. Fomos estimulando, mas a gente sempre soube mesmo", contou.

Suzana disse que ela e Mion preferiram esperar para tornar público sobre Romeo. "Mas, assim como o câncer, eu esperei muito para tornar público. Eu, Suzana, não lido bem com a piedade dos outros. Me faz mal. É diferente da compaixão. Na piedade as pessoas sentem pena. Isso foi diagnosticado com 7 anos, mas foi muito tranquilo para mim. Não tive problema com isso, nem eu e nem o Marcos", explicou.

A convidada ainda ressaltou a importância de dar atenção total a cada um dos filhos individualmente. Além de Romeo, ela e o marido são pais de Donatella, de 9 anos, e Stefano, de 8. "Eu tenho um irmão especial, quando eu tinha 15 anos ele sofreu um acidente e ficou tetraplégico. Ele tinha 18 anos. Como eu já tive isso na minha vida, sei a importância de dar atenção para os outros e tento fazer isso. Uma vez por semana a gente leva os dois menores para jantar, aquele momento só nosso, para conversar com eles, é importante esse contato. E tenho momentos na semana com cada um. E também viajamos com cada um uma vez por ano", concluiu.

Newsletters

Mauricio Stycer traz análises exclusivas sobre TV e Famosos.

Quero receber