PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Renato Aragão lembra beijo em Cristo no "Criança Esperança": "Loucura"

Em 1991, Renato Aragão subiu o Cristo Redentor para agradecer todo sucesso em sua carreira durante o "Criança Esperança" - Reprodução/TV Globo
Em 1991, Renato Aragão subiu o Cristo Redentor para agradecer todo sucesso em sua carreira durante o "Criança Esperança" Imagem: Reprodução/TV Globo

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

17/08/2018 20h57

Idealizador do "Criança Esperança", Renato Aragão, 83 anos, é presença garantida há 33 anos no palco do programa, que acontece neste sábado (18), após "Segundo Sol" na Globo.

"A adrenalina é a mesma, mesmo já tendo decorado tudo, chega lá no palco é diferente a coisa, é uma emoção muito grande", contou ele, que esteve nos estúdios Globo, no Rio, nesta sexta-feira (17) para os ensaios da atração.

Um dos momentos mais marcantes do programa aconteceu em 1991 quando Renato beijou uma das mãos do Cristo Redentor, que tem 30 metros de altura.

"Aquilo lá foi uma loucura. Meu único medo era que Ele fechasse os braços para me aplaudir quando eu chegasse lá em cima", brinca.

"Quando comecei não era nem 'Criança Esperança'. Foi numa seca muito grande que teve lá no nosso nordeste que precisava de ajuda. Eu falei com o diretor da Globo na época que queria fazer nos 'Trapalhões', pedindo doação, era 'SOS Nordeste'. Foi um sucesso tão grande que virou 'Criança Esperança', lembrou.

O humorista ainda fez piada sobre o programa, que durante anos aconteceu no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, para um público de milhares de pessoas ter passado para os estúdios Globo, na zona oeste do Rio.

"Encolheu, né? É a crise. (risos). Mas tem que ser feito em estúdio para ser mais seguro, algumas cenas são gravadas. Sinto que fiz a minha parte.  Eu me sinto na verdade como qualquer um que fez a doação. A Globo está ali, me ajuda, me dá aquele cenário. Mas aquela pessoa que vai ligando vale muito".

Iza e Gaby Amarantos vão cantar juntas a música "Como Nossos Pais" - Divulgação TV Globo - Divulgação TV Globo
Iza e Gaby Amarantos vão cantar juntas a música "Como Nossos Pais"
Imagem: Divulgação TV Globo
Fernanda Gentil, Jonathan Azevedo e Camila Pitanga estreiam na apresentação do programa e se juntam a Lázaro Ramos, Dira Paes, Leandra Leal e Flávio Canto.

"Nosso país tem um contraste de realidades dos mais radicais que existe. Se você sair da sua bolha, vai ver que tem muita gente que precisa. Esse valor é revertido em diversos projetos sociais. Mesmo se você não tem grana, você pode doar o seu tempo. Problema não falta e acho que uma mão amiga a gente sempre precisa", disse Camila Pitanga.

Ivete Sangalo, Wesley Safadão, Emilio Dantas, Caetano Veloso, Djavan e Milton Nascimento são algumas das atrações do programa.

Encontro de gerações

Gaby Amarantos e Iza cantarão juntas "Como Nossos Pais", de Belchior, sucesso na voz de Elis Regina. A ideia do programa deste ano é debater temas dos diretos de crianças e adolescentes, racismo, igualdade de gênero e violência.

O UOL acompanhou o ensaio das cantoras, nesta sexta, nos estúdios Globo e conversou com as artistas em seguida.

"Estava agora falando com o Raoni Carneiro (diretor do programa) o quanto essa música é importante pra mim. As pessoas conhecem a Gaby extravagante, que surgiu no techno-brega. Mas na época do Diretas Já eu estava na rua protestando com meus amigos e a polícia jogou spray de pimenta na gente. A gente se olhou e começou a cantar trechos dessa canção. Eu tinha o sonho de cantá-la na TV”, contou Gaby Amarantos após o ensaio para o programa.

"'Como nossos Pais" é uma música que adoro cantar e resignificar essa música vai ser um presente. A gente está dizendo que não somos os mesmos, os paradigmas mudam, a gente quebra barreiras e evolui, ainda assim aprendemos muito com as gerações anteriores", disse Iza.

A cantora, de 27 anos, tem lembranças de sua infância assistindo ao programa.

"Lembro muito de um número do Renato Aragão com Sandy e Júnior, sou muito fã da dupla! É uma realização estar aqui, mais um passo na minha carreira”.

Este ano, a campanha ampliou sua rede de mobilizadores para 30 nomes. Desde junho, eles têm visitado instituições de todo país.

"Achei uma grande ideia da direção, representa o que pretendemos pro Brasil como um todo. Trinta pessoas representam a diversidade, temos um colorido de gente que é real, que pensam em melhorias para a sociedade", disse Dira Paes.

Jonathan Azevedo, Camila Pitanga, Leandra Leal, Dira Paes, Flavio Canto e Lázaro Ramos são os apresentadores do "Criança Esperança 2018" - Divulgação/TV Globo - Divulgação/TV Globo
Jonathan Azevedo, Camila Pitanga, Leandra Leal, Dira Paes, Flavio Canto e Lázaro Ramos são os apresentadores do "Criança Esperança 2018"
Imagem: Divulgação/TV Globo

Televisão