PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Filha de Carlos Alberto, Mafe odeia TV e diz que já até ofuscou fama do pai

Mafe tem 18 anos e faz curso de designer de moda - Arquivo pessoal
Mafe tem 18 anos e faz curso de designer de moda Imagem: Arquivo pessoal

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

20/08/2018 04h00

Filha de Carlos Alberto de Nóbrega e Andréa de Nóbrega, Maria Fernanda, a Mafe (como ela é mais conhecida), não planeja seguir os passos dos pais famosos, que construíram carreira na televisão.

Em entrevista ao UOL, a estudante de moda diz que sua praia é completamente outra. Aos 18 anos, ela começou a perceber seu potencial nas redes sociais e trilha carreira como influenciadora digital.

"Consigo ganhar dinheiro, mas não vejo como trabalho. Não corro muito atrás. Se eu me identifico com a marca, fechamos um preço pelas postagens. E não posto qualquer coisa para ganhar dinheiro. Prefiro vender a minha imagem com o que realmente uso e gosto", diz ela, que assume a dificuldade de ficar longe do celular.

Só no Instagram, ela possui quase 850 mil seguidores -- mais do que o número de seguidores dos pais somados. A fama "superior" à do pai, inclusive, já lhe rendeu momentos divertidos.

"Uma vez estávamos em Orlando em um restaurante e umas meninas falaram: 'Podemos tirar foto com você?' Eu sabia que era comigo porque elas estavam olhando para mim. Meu pai não percebeu e levantou achando que era com ele. Isso já aconteceu umas duas, três vezes. É engraçado", diz ela.

A estudante acredita que, às vezes, é até mais assediada do que o apresentador do "Praça É Nossa" porque acaba sendo referência a uma outra geração, que não necessariamente acompanha seu pai na telinha. Ela mesma opta por fugir de qualquer associação.

"Nunca gostei de ser chamada de a filha do Carlos Alberto de Nóbrega. Minha mãe queria cobrir nossas festas e eu não deixava porque sairia na capa da revista, assim como foi na minha festa de 15 anos. Nunca quis ser reconhecida por ser filha de alguém. Eu tenho o meu nome", afirma.

Se alguma vez teve vontade de ir para a televisão? "Nunca! Não gosto, do fundo do meu coração. Não assisto [televisão], nem a 'Praça'. Não é uma coisa que me interessa. Tenho amigo que faz novela e sei como é trabalhoso. Acho que eu não teria saco de dedicar meu tempo para isso."

Carlos Alberto e Andréa Nóbrega com os filhos, os gêmeos Mafe e João Vitor - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Carlos Alberto e Andréa Nóbrega com os filhos, os gêmeos Mafe e João Vitor
Imagem: Arquivo pessoal
 

Separação dos pais

Maria Fernanda Nóbrega cresceu com a mãe, que se separou pela primeira vez de Carlos Alberto quando ela era pequena. Ela, que tem um irmão gêmeo, João Vitor, diz que o divórcio dos pais não lhe trouxe traumas.

"Eles [os pais] nunca foram inimigos mortais. Ele frequentava minha casa e por isso nunca o senti distante", afirma.

Mafe se recorda pouco da conversa de Carlos Alberto com ela e o irmão sobre a separação e elogia a atitude dele e de Andréa de reconhecerem que o casamento não estava mais dando certo.

"O meu pai falou que nada iria mudar e realmente nada mudou. Nunca foi algo que me afetou, diferentemente até de pais de amigos meus. O que importa é os dois serem felizes", diz.

Síndrome do Pânico

No ano passado, Maria Fernanda enfrentou um período difícil e chegou a faltar por um mês na escola. Ela descobriu, na terapia, que tinha depressão e síndrome do pânico.

"As pessoas acham que é doença de mimado, frescura. O ápice foi quando cheguei na aula e senti uma coisa muito estranha. Não conseguia parar de chorar, me sentia agoniada. Fui para casa e comecei a fazer tratamento com antidepressivo", lembra.

Após superar o problema, ela diz que hoje consegue se valorizar e a entender mais sobre si mesma.

"Comecei a me automotivar, a falar para mim mesma que tudo vai dar certo. Eu era muito insegura, mas isso passou. Aprendi que preciso me amar antes de qualquer cosa", celebra. 

Famosos