Topo

Famosos


"Não paguei nada", diz substituta de Juliana Alves na Unidos da Tijuca

Em 2017,Elaine Azevedo foi rainha de bateria da Estácio de Sá - Reprodução/Instagram/@elaineazevedo09
Em 2017,Elaine Azevedo foi rainha de bateria da Estácio de Sá Imagem: Reprodução/Instagram/@elaineazevedo09

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

22/08/2018 17h25

A Unidos da Tijuca já escolheu a substituta de Juliana Alves para ser a nova rainha de bateria da escola de samba. Ela é Elaine Azevedo, 35, apresentadora de esportes do programa "Donos da Bola", na Band do Rio. Ela recebeu o convite do presidente da escola, Fernando Horta, há duas semanas para substituir a atriz global, cujo fim do reinado foi anunciado na terça-feira (21).

"Recebi o convite da direção da escola e aceitei na hora. Fui chamada há duas semanas e não paguei nada. Não paguei um tostão. O que foi combinado é que vamos ter uma troca de mídia. Também fiquei responsável por pagar a minha fantasia porque eu quero manter o meu figurinista. Há anos, eu faço as minhas fantasias com o Guilherme Alves e não abro mão dele", contou ao UOL.

Ex-rainha de bateria da Estácio de Sá, Elaine contou que ficou dez anos sem desfilar na Carnaval carioca. O seu último desfile foi também à frente dos ritmistas em 2017 pela Estácio de Sá, onde havia sido também rainha dez anos antes. "Minha família não é de samba, mas eu sempre gostei. Antes de ser rainha de bateria, cheguei a desfilar como destaque de carros no Salgueiro e na Viradouro. Fiquei dez anos sem desfilar porque fui morar em Goiânia e me afastei do Carnaval."

A reportagem apurou que um dos motivos para o desligamento de Juliana Alves foi sua ausência nos ensaios. Diretor recém-chegado na Unidos da Tijuca, Luiz Fernando do Carmo, o Laíla, que durante 23 anos comandou a Beija-Flor, defendia a escolha de uma rainha de bateria da casa, mas Fernando Horta bateu o martelo por Elaine Azevedo. 

"Sou uma rainha de bateria presente. Sempre fui e isso todo mundo pode ficar tranquilo. Vou ficar direto na quadra, direto na escola", finalizou. 

Depois de cinco anos, Juliana Alves deixa o posto de rainha de bateria da Unidos da Tijuca - Divulgação/Riotur
Depois de cinco anos, Juliana Alves deixa o posto de rainha de bateria da Unidos da Tijuca
Imagem: Divulgação/Riotur