PUBLICIDADE
Topo

Novelas

Com Crô no cinema, Marcelo Serrado diz que não faria mais personagem na TV

Marcelo Serrado encarna novamente Crô nos cinemas - Reprodução
Marcelo Serrado encarna novamente Crô nos cinemas Imagem: Reprodução

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

28/08/2018 14h37

Crô está de volta, pela terceira vez. O famoso personagem de “Fina Estampa” (2012), que pulou para os cinemas em 2013, ganhará mais uma vez uma versão para as telonas no filme “Crô em Família”, que estreia na próxima quinta (6).

Para o intérprete de Crô, Marcelo Serrado, apesar do tempo que se passou desde a novela de Aguinaldo Silva, o mordomo não ficou datado.

“A novela já tem muito tempo, e tem um público que não conhece o Crô: as crianças. É a formação de um público que não viu, não tem esse problema. Esse filme não tem nada a ver [com "Fina Estampa"], descola da novela”, disse Serrado à imprensa durante pré-estreia em São Paulo, nesta terça (28).

Ele relata que ainda é reconhecido como o estabanado ajudante da vilã Tereza Cristina, vivida por Christiane Torloni. “Estava gravando uma novela no sertão, de bigode, e os caras falavam: ‘Olha o Crô aí!’. Procuro fazer esse personagem episodicamente. É muito forte”.

Para o ator, que diz não se incomodar em ser associado a Crô até hoje, o sucesso se deve ao estilo divertido do personagem: “O Crô tem uma coisa ingênua que é muito legal. As pessoas falam: ‘Ah, mas é um gay estereotipado’. Não foi, tanto que fez o sucesso que fez. Ele foi homenageado em uma escola de samba e eu [saí] de rainha de bateria”.

Também no elenco do filme, Fabiana Karla também arrisca um palpite. “As pessoas se reconhecem muito nele. Ele é carismático, doce. Não é uma bicha venenosa. É uma pessoa que você quer dentro de casa, acho que ele conseguiu se aproximar das pessoas. As crianças gostam dele, os adultos”.

No novo longa, com direção de Cininha de Paula, Crô precisa lidar não só com sua recente separação do segundo marido, mas também com a chegada de um grupo de pessoas que dizem ser sua família, em uma história que Marcelo descreve como mais leve que a do primeiro filme.

Apesar de se animar com as perspectivas de Crô no cinema, o ator não pretende revivê-lo na televisão tão cedo — e nem acha que o autor Aguinaldo Silva teria interesse em trazer o personagem de volta.

“Eu não faria. Acho que personagem tem um caminho no cinema. Acho que aí [na TV] vai pra outro lugar que não me interessa”.

Cena de "Crô em Família", segundo filme protagonizado pelo mordomo de "Fina Estampa" (2012) - Divulgação - Divulgação
O elenco de "Crô em Família", segundo filme protagonizado pelo mordomo de "Fina Estampa" (2012)
Imagem: Divulgação

Novelas