Topo

Malhação - Vidas Brasileiras

"Esperança que Manoel Carlos faça uma Helena gordinha", diz Fabiana Karla

Roberto Filho/Brazil News
Fabiana Karla está no elenco de "Crô em Família" e prestigiou pré-estreia no Rio na noite de segunda-feira (28) Imagem: Roberto Filho/Brazil News

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

28/08/2018 16h11

Fabiana Karla em breve fará mais uma estreia para fazer o público rir. A atriz está no elenco do filme "Crô em Família" como a animada Jurema, conhecida como a rainha da cocada. Entretanto, em "Malhação Vidas Brasileiras", ela mostra uma faceta sua pouco vista: a do drama.

Na novela, ela vive Penha, uma mulher que sofre com a morte do marido, tio de Maria Alice (Alice Milagres).

Entretanto, a jovem odeia o tio e sua memória, uma vez que foi vítima do machismo dele, sendo humilhada e difamada na cidade. O ódio é tanto, que Maria Alice cospe no caixão.

"Até brinquei ontem que em uma semana chorei em cima de dois caixões. No 'Crô' e na 'Malhação'. Quando me chamaram para fazer 'Malhação' falei: 'Gente, vou ser uma daquelas tias gente boa'. Quando cheguei era pra fazer uma cena no caixão, chorando'. É um assunto polêmico, difícil de tratar. Fiz com a minha verdade", relata Fabiana.

Ela fala que gosta de mostrar outros lados além da comédia, e conta que gostaria de explorar mais o drama. "Gosto de desafios, gosto de sair do natural. Acho que as pessoas é que tendem a rotular um pouco, ou não acreditam. Acho que a gente depende também de muitos autores que olhem pra gente e nos percebam. Tenho esperança grande que o Manoel Carlos faça uma Helena gordinha. Vamos enveredar, pedir fé em Deus", brinca a atriz.

Fabiana também enfatiza que está sempre disposta a se entregar a seus personagens: "Fiquei marcada [pela comédia] e às vezes é ruim a gente ter rótulos. Sou atriz, faço que me propõem. O artista olha e deixa a arte te mover. Quando em uma boa direção, um bom roteiro, tem o apoio de uma equipe e se sente seguro, você tem pano para manga para trabalhar", concluiu.