Topo

Famosos


Paula Burlamaqui pede perdão após ser acusada de intolerância religiosa

Reprodução/Globo
Paula Burlamaqui participa do "Encontro" Imagem: Reprodução/Globo

Thaís Sant'Anna

Colaboração para o UOL

29/08/2018 14h54

Paula Burlamaqui pediu perdão aos seus seguidores, após ser acusada por intolerância religiosa em sua participação no "Encontro" na terça-feira (28). A atriz foi criticada na web por um comentário referende ao tema "superstições".

"Sexta-feira 13 as protetoras até falam 'não dê para adoção o gato preto' porque tem muita gente que pega para fazer macumba", declarou ela na ocasião.

Os internautas não perdoaram tal afirmação [veja os tweets abaixo]. "A Paula Burlamaqui acabou de dizer no 'Encontro' pra não dar gato preto pra adoção porque as pessoas fazem macumba com eles. Eu não acredito no que eu ouvi", disse uma garota. "Paula Burlamaqui ridícula, preconceituosa, usando a religião alheia erroneamente! Vá estudar antes de chegar na TV e falar idiotice! Burra", esbraveou outra.

Em seu Instagram depois do "Encontro", Paula se explicou e pediu desculpas.

"Gente, estou olhando a internet, vendo os comentários. E eu estou fazendo este vídeo para pedir desculpas. Fui muito infeliz na expressão que usei no programa 'Encontro'. Não tenho intolerância religiosa de jeito nenhum. O que eu quis dizer é que tem pessoas que fazem sacrifícios com gatos pretos. É isso que a gente escuta o tempo inteiro da proteção animal. Mas peço perdão. Fui infeliz na expressão que usei. Desculpa, eu respeito todas as religiões.  Foi um vacilo horroroso.", defendeu-se.