PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Lucas Veloso diz que ser filho de Shaolin atrapalhou início da carreira

Jonathan Pereira

Colaboração para o UOL

04/09/2018 13h26

Lucas Veloso recordou no "Superpop" de segunda-feira (3) a convivência com o pai, o humorista Shaolin - que morreu em 2016 cinco anos após um acidente automobilístico. Ser filho do comediante famoso, segundo ele, atrapalhou seu início de carreira.

"Essa genialidade dele me atrapalhou muito no início. As pessoas queriam que eu tivesse a genialidade dele sem 20 anos de carreira, não entendiam que eu estava começando. Menino de 16 anos não sabe contar piada".

Apesar de ter perdido o pai cedo, o ator e humorista disse também não ter aproveitado bem todos os anos ao lado de Shaolin. "Um grande homem, um grande pai. Perdi meu pai com 19 anos, mas não tenho remorso, aproveitei todas as oportunidades que tive. A gente passava a madrugada toda vendo filme, viajava... Ele era um pai muito coruja", contou.

Os anos que o comediante ficou internado, ele lembrou, foram tensos. "A vida da gente virou de cabeça para baixo, foi uma das coisas que cortou minha adolescência. No hospital ele estava todo enfaixado, mal dava para vê-lo. Teve um período muito sensível com relação à saúde dele e foi bem angustiante para a gente. A fé e a esperança sempre foram nosso carro-chefe".

Ele não guarda rancor de quem bateu no carro do seu pai. "O caminhão não teve culpa nenhuma, ninguém sai de casa querendo provocar acidente. Ele estava trabalhando e acidentes acontecem. Se aconteceu, foi porque Deus permitiu", acredita.

Lucas brincou ainda sobre ter conhecido a namorada, Nathalia Melo, na "Dança dos Famosos" do ano passado, quando foi vice-campeão. "Carro pra quê? Namorada é muito melhor, que dá um cheirinho na gente", brinca, referindo-se ao prêmio da competição, vencida por Maria Joana.

Famosos