PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Bruna Marquezine diz que teve depressão após receber críticas por seu corpo

Rodrigo Soares

Colaboração para o UOL

05/09/2018 08h40

Um comentário de uma seguidora que insinuou que Bruna Marquezine está "magra demais" disparou na atriz a necessidade de fazer um revelador desabafo em sua conta no Instagram nesta quarta-feira (5). Na rede social, ela - que atualmente curte férias na Itália - lembrou que já sofreu por críticas sobre sua aparência e admitiu ter tido depressão.

"Eu já sofri e muito com distúrbio de imagem. Na época, as pessoas não comentavam que eu estava magra demais, mas comentavam que eu estava um pouco gordinha, bochechuda, quadril largo, e eu acreditei", afirmou.

Segundo ela, o problema começou pouco antes de sua preparação para a novela "Deus Salve o Rei", que chegou ao fim em julho: "Acreditei na opinião alheia e comecei a detestar meu corpo, achava que tinha que emagrecer de qualquer jeito. Eu tomava lactopurga todos os dias durante 3 meses. Tive depressão, não só por isso, mas principalmente por esses motivos, por muitas questões de autoestima, não me aceitar, não me achar bonita, não me achava suficiente".

"Tive inúmeros problemas de saúde, não me alimentava direito e tomava laxante todos os dias. Ou não comia, ou comia besteira. Não tinha prazer em ter boa alimentação e cuidar de mim. Eu não estava me amando. Comecei a ter problemas de saúde e fiquei assustada. Minha depressão avançando, comecei a tomar atitudes que me assustaram e fui atrás de ajuda", admitiu ela.

Bruna falou que foi sua família que notou sobre sua mudança e ajudou que ela se recuperasse. "Eu não tinha forças sozinha de buscar ajuda. Em um determinado momento eu nem entendia muito, só que eu estava infeliz, não gostava de mim, e estava assustada dentro da minha dor e sofrimento, com a minha saúde e atitudes comigo", lembrou. "Depois de terapia e análise, depois de conseguir estar saudável novamente, feliz com meu corpo, surgiu a Catarina de 'Deus Salve o Rei' e resolvi emagrecer para a Catarina de forma responsável. Sou atriz, às vezes precisamos mudar a aparência. Me senti preparada e bem para passar por isso. Quando vi o resultado da Catarina no vídeo eu fiquei feliz. Novela acabou e é isso, galera, estou feliz".

Hoje, a atriz garante estar saudável, mas afirma que a sequência de comentários sobre sua aparência incomodam.

"Acho também muito importante que a gente se sinta bem com nosso corpo, que a gente se olhe no espelho e se sinta bem. E eu estou. Eu amo meu corpo e estou muito feliz com ele do jeito que ele é. Não quero emagrecer, emagreci recentemente por um trabalho pois era interessante para a personagem. (...) Quando eu engordo fico com rosto mais redondo, que fica mais de menina, e como eu faria uma vilã em uma novela medieval seria interessante estar um pouco mais magra. E emagreci com acompanhamento da minha nutricionista, do meu médico, fazendo exames e vendo se estava tudo bem. Nessa época descobri que estava com um disfunção na tireoide, nada grave, mas me cuidei e resolvi isso. Estou feliz com meu corpo, comendo o que eu quero", garantiu.

Ela ainda ressaltou que não é por ser uma pessoa pública que tem que aceitar esse tipo de crítica dos seguidores. "Mas os chatos de plantão vão dizer: 'Você é uma pessoa pública, postou uma foto então as pessoas podem dar opinião'. Não, não podem. Não estou dizendo que não podem fazer críticas nas fotos das pessoas, mas nas fotos de qualquer pessoa, se sua crítica for ofender, machucar, fazer com que a pessoa se sinta mal com o corpo dela, fica quieto, não comenta. Em nenhuma das minhas legendas eu perguntei se estou bonita, se estou magra demais, se acham que devo engordar. E normalmente as pessoas não perguntam. Para que perder tempo fazendo comentário que não seja construtivo?", questionou.

"Chega! As pessoas precisam parar com isso. Já passou da hora de mudar esse raciocínio, essa forma de pensar. Nosso corpo não é para agradar homens nem ninguém. A gente tem que estar saudável e feliz. É horrível ver mulher com esse pensamento machista de que homem não gosta, tem que engordar. Esse comentário 'inocente', esse 'conselho' para engordar ou emagrecer, faz com que a gente se olhe diferente. (...) Nas minhas fotos comentam que estou magra demais, em outras que estão gordas demais. Tanta mulher com transtorno alimentar. Aí vem uma 'gênia' e diz que parece que estou com anorexia. 'Cuidado'. 'Ah, obrigado, você salvou minha vida'. Não, você não teria salvado minha vida, teria piorado minha situação. São comentários irresponsáveis", desabafou.

Ela concluiu cobrando responsabilidade sobre o que as pessoas dizem. "As palavras podem abençoar ou amaldiçoar a vida de uma outra pessoa. Sejam responsáveis na hora de falar. Não é só um comentário. Isso pode afetar muito quem está lendo. Vamos parar de dar opinião quando as pessoas não pedem. A gente devia parar de falar para a outra: 'Acho que esse corte de cabelo não fica bem em você'. Dizer: 'Acho que um sorriso fica lindo em você. Gosto de você feliz'. Vamos ser felizes! Parem de dar opinião se não for construtiva, se não for ajudar em alguma coisa", aconselhou.

.

Postcard from Venice . Esse vestido lindo é da @bobonews

Uma publicação compartilhada por Bruna Marquezine ? (@brumarquezine)

em

Bruna Marquezine rebate seguidora - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Bruna Marquezine rebate seguidora
Imagem: Reprodução/Instagram

Famosos