Topo

Televisão

Rodrigo Faro: "Tentei ser apresentador na Globo, mas puxaram o tapete"

Cláudio Augusto e Marcos Ribas/Photo Rio News
Imagem: Cláudio Augusto e Marcos Ribas/Photo Rio News

Jonathan Pereira

Colaboração para o UOL

11/09/2018 06h33

Rodrigo Faro contou no "Programa do Porchat" de segunda-feira (10) que, antes de se tornar apresentador na Record, tentou durante um bom tempo conquistar seu espaço na Globo. Quando estava prestes a conseguir, no entanto, foi surpreendido.

"Tentei muitas vezes na própria Globo uma chance como apresentador.  Eu cheguei a gravar um piloto do 'Fama' e estava todo feliz, pensei: 'caramba, vão dar minha chance'. No último minuto me deram aquela bela de puxada de tapete. Mas eu guardei esse sonho pra mim", desabafou. O talent show, exibido entre 2002 e 2005, foi comandado por Angélica.

"A Record comprou o 'Ídolos', recebi um telefonema para apresentar esse programa de três meses. Rescindi meu contrato com a Globo, daí o Márcio Garcia voltou para lá. Toca meu telefone em uma quinta, disseram: 'o programa 'Melhor do Brasil' é seu, aqui estão os DVD dos quadros, assiste tudo no fim de semana e segunda você grava'", recorda

Sem tempo para assimilar a mudança, ele decidiu abraçar a oportunidade. "Eu não tinha nem começado o 'Ídolos'. Falei: 'ou vou me ferrar absurdamente ou é a chance da minha vida que Deus tá me dando'".

Faro comentou ainda como será interpretar Silvio Santos no cinema. "Isso foi a maior surpresa dos últimos anos da minha carreira. É a minha chance de contar a história desse cara, e um desafio muito grande que vejam o Silvio Santos e não o Rodrigo Faro", analisa.