PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Adriana Esteves admite ser "caçadora": "É muito bom conquistar"

Adriana Esteves é entrevistada no canal de  Naná Karabachian no YouTube - Reprodução/Instagram
Adriana Esteves é entrevistada no canal de Naná Karabachian no YouTube Imagem: Reprodução/Instagram

Rodrigo Soares

Colaboração para o UOL

13/09/2018 11h46

A estreia do canal no YouTube de Naná Karabachian foi em grande estilo em um papo franco e revelador com a atriz Adriana Esteves. Como são amigas de longa data, as duas trocaram muitas frases de carinho e não esconderam a emoção pelo momento entrevistadora e entrevistada.

No papo, a Laureta de "Segundo Sol" descreveu que considera ser a sedução sua maior qualidade. "Não é uma sedução sexual. A gente seduz pela gentileza. Quem resiste a um 'bom dia', um 'oi, você tá bem?'?. Isso faz parte da sedução. E isso eu acho que é algo natural, ou carência que aprendi que se eu fosse carinhosa com o próximo a vida ia se abrir para mim. E fui exercendo isso aí", falou.

Perguntada se na conquista ela sempre foi mais caça ou caçadora, ela não titubeou em responder. "Caçadora, né, gata? É o prazer da conquista. É muito bom conquistar. Eu gosto de namorar e acho que tenho que ter sempre um namorado. E eu alimento esse romance. E quando a gente se conheceu (ela e o ator Vladimir Brichta, seu marido) ele sacou isso em mim e alimenta. 'Ela gosta de ter um namorado? Então ela vai ter um namorado'", admitiu.

Ainda no papo, Adriana falou que já se sentiu traindo o marido com ele mesmo.  "Eu sou apaixonada pelo Vlad, acho ele lindo e deslumbrante.Tem dias que marco com ele, chego antes no restaurante ou bar, vem um homem lindo e falo: 'Gato'. Quando vejo é ele. Me sinto traindo ele com ele mesmo. (risos). Eu conto pra ele (risos)", brincou ela, dizendo que se derrete pelo amado. "Posso estar louca, quebrando, ele fala uma coisa pelo humor e me derrete, tá tudo ótimo".

Em um momento emocionante, ela admitiu que um de seus maiores temores é o de perder pessoas próximas. "Maior medo? Perder gente querida, né? Mas não acontece, né? Transforma", falou ela, que não segurou as lágrimas quando disse falou de quem sente falta. "Sinto falta da minha irmã. Dela eu sinto falta. Sinto falta do que não está aqui. Tento botar presença do que nos falta".

Sobre trabalhos,  afirmou que teve vários presentes e surpresas com as personagens que viveu. "Tenho tido vários presentes, surpresas. Nunca pensei ficar tão feliz com uma vilã como em 'Avenida Brasil' fazendo a Carminha. Chegou uma hora que falei que estava apaixonada por aquela mulher", assumiu.

Em um momento de pura descontração, revelou seu maior prazer.  "Tenho muitos, né? Aqui pra você eu posso contar pois o programa é bem íntimo. Esse meu prazer aqui... Ah, como gosto de uma cervejinha. Tem coisa igual que um papo gostoso e uma cervejinha?", entregou ela, que brindou com cerveja o papo com a amiga Naná.

Famosos