PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Pablo Morais se surpreende ao descobrir que é um gigolô em "Segundo Sol"

Tomé seduz Gorete em "Segundo Sol" - Reprodução/TV Globo
Tomé seduz Gorete em "Segundo Sol" Imagem: Reprodução/TV Globo

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

21/09/2018 04h00

A história de Tomé (Pablo Morais) virou em "Segundo Sol". A trama de João Emanuel Carneiro revelou que o namorado de Gorete (Thalita Carauta), na verdade, é um gigolô que ganhava dinheiro de Dodô (José de Abreu) para seduzir a ex-amante dele.

A revelação surpreendeu Pablo Morais, que não esperava esta reviravolta na história de seu personagem nem acreditava que Tomé ganharia mais espaço na novela das nove da Globo.

"Tomé é um bon vivant. Não é um vilão destruidor. É um cara que quer se dar bem. Quando li essa cena, fiquei uma semana pensando nela. Conversei algumas vezes com a Thalita. Nem queria ter falado de Baduzinho, ele é muito fofinho [risos]. Tive que acreditar no autor e embarcar, porque foi difícil mesmo. A relação do Tomé com a Gorete estava muito legal", conta o ator ao UOL.

Na cena, exibida no último final de semana, Tomé pede mais dinheiro a Dodô para continuar enganando Gorete, mas não consegue e abandona a "namorada". A mãe de Baduzinho (Davi Queiroz) se espanta ao ver Tomé arrumando suas roupas e ele revela que recebia grana do ex-amante dela para conquistá-la: "A fonte secou".

No capítulo desta sexta-feira (21), Gorete revelará à família Falcão que Dodô contratou Tomé para afastá-la de Clóvis (Luis Lobianco). Pablo Morais comemora estar em um núcleo repleto de atores experientes, como José de Abreu e Arlete Salles.

Pablo Morais - Lucio Luna/Divulgação - Lucio Luna/Divulgação
Pablo Morais
Imagem: Lucio Luna/Divulgação
"Todos os conflitos são muito bem amarrados. Fico felizão, porque estou começando na novela das nove, e conviver com essas pessoas está sendo uma grande aula para mim. Vou criando intimidade com os amigos de set, fico falando e aproveito para pegar umas aulinhas grátis", afirma.

Paralelamente à novela, Pablo tem investido na música. Com um estúdio dentro de casa, ele criou um grupo de trap (mistura de rap e música eletrônica) que começou a fazer barulho com três clipes lançados no YouTube.

"Vivo com música na cabeça. Graças a Deus, consegui montar um estudiozinho onde fico o dia inteiro. Escuto muita música brasileira e regional. Tive uma banda de rock maracatu, gravei música com Seu Jorge e agora criei o Cigano's, totalmente independente. Está dando retorno muito rápido, concluímos dois clipes nesta semana", antecipa.

TV e Famosos