PUBLICIDADE
Topo

Reality shows

"Dança": Calabresa cai no funk e fala sobre internação: "Pior dor do mundo"

Dani Calabresa volta a "Dança dos Famosos" - Reprodução/TV Globo
Dani Calabresa volta a "Dança dos Famosos" Imagem: Reprodução/TV Globo

Jonathan Pereira

Colaboração para o UOL

23/09/2018 20h43

Depois de os homens requebrarem no funk, domingo passado (16), foi a vez das mulheres rebolarem no ritmo na "Dança dos Famosos". As apresentações fecharam a terceira rodada da competição, que vai até dezembro no "Domingão do Faustão".

Dani Calabresa, que chegou a ser dúvida esta semana por conta de uma cirurgia na última terça-feira, falou sobre conseguir se apresentar. "Eu saí do hospital, você sabe, né? Eu tive uma pedra no rim, ela passou o Réveillon comigo e resolveu sair na semana do ensaio. É a pior dor do mundo, parece que você está mijando um laptop", disse a humorista.

Ao final da performance, o auditório gritava seu nome. "Com dois dias de ensaio veio com uma energia que não sei de onde saiu", disse João Vicente de Castro. "Ela começou apática e foi se soltando. 8.8", avaliou Octávio Nassur, do júri técnico.

Antes de Calabresa, outras três duplas se apresentaram. Aos 40 anos recém completados e mãe de dois filhos, Mariana Ferrão exibiu a barriga sarada e foi a primeira. "Arrasou, tirou onda, você entendeu a mensagem que o funk quer passar. Nota dez para você", julgou a cantora Ludmilla. "Você tem uma energia muito contagiante e controle sobre essa força. 9.5", analisou Nassur.

"Nunca tinha dançado funk na minha vida, nem pensei que iria dançar. Já posso fazer uma personagem funkeira", vibrou Deborah Evelyn. "Foi sensacional, passaram energia para a galera de casa. 9.8", comentou Thiago Pereira. "É lindo ver artista assumindo risco e sendo feliz. Ser artista é nunca viver na zona de conforto. ", elogiou o protagonista da novela "Espelho da Vida", que estreia terça-feira (25) às 18h.

"Fiquei com vontade de levantar para dançar com vocês. Não é gaúcha não, deve ser carioca. É dez, se tivesse vinte eu dava", confessou a cantora de "Din Din Din" ao ver Pâmela Tomé dançando. "Seu corpo se move muito bem, é uma sensualidade muito linda. A dança foi bem aproveitada no espaço do palco. No final mostrou um pouco de cansaço, mas não tirou o brilho da apresentação. Nove", julgou Carlota Portella, do júri técnico.

Bia Arantes foi elogiada por mostrar bastante energia no palco. Fechando a noite, Érika Januza, que já dançou o ritmo na série "Subúrbia" (2012), exibiu o que sabe.

"Eu estou chocado. Ela tem uma das maiores belezas do mundo. Ela mantinha um olhar e um poder, inacreditável. Dá pra dar mil? Dez", vibrou João Vicente. "Sensualidade da cabeça aos pés, prendendo a atenção. Dez para caraca", elogiou Ludmilla. O júri técnico também curtiu. "Que beleza, foi lindo, teve uma sensualidade, energia, braços bem trabalhados e espaço bem utilizado. Acho que o cabelo te atrapalhou um pouco. 9.3", comentou Carlota Portella. 

Érika tomou a liderança de Mariana Ferrão. Deborah Evelyn segue na lanterna. Veja como ficou a classificação após as notas:

Classificação da "Dança" - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
Érika tomou a liderança de Mariana Ferrão; Deborah Evelyn segue na lanterna
Imagem: Reprodução/TV Globo

Reality shows