PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Após desafio de Anitta, Ivete, Preta e Leitte são cobradas por "Ele não"

Ivete, Claudia Leitte e Preta Gil - Reprodução/Instagram
Ivete, Claudia Leitte e Preta Gil Imagem: Reprodução/Instagram

Marcela Ribeiro

DO UOL, no Rio

24/09/2018 12h36

Anitta desafiou Ivete, Claudia Leitte e Preta Gil a aderirem ao movimento "Ele não", contra o candidato à presidência Jair Bolsonaro. Até o momento, nenhuma das cantoras se manifestou sobre o assunto e estão sendo cobradas por centenas de internautas nas redes sociais.

"Ivete Sangalo, não é você que tem um vestido com 60 mil cristais com as cores LGBT? Anitta não tem um desses, gata", escreveu uma internauta.

"Faça como as Divas ! Mulheres contra o facista!", disse outro internauta.

No Instagram de Claudia Leitte, uma chuva de comentários também cobravam uma posição da cantora.

"Cadê você bonita?? Sumiu! E aí? # elenão", disse um internauta.

"Claudinha..aguardando poscionamento.. #EleNao #EleNunca", escreveu a seguidora Andreia Rodrigues.
"Bom dia Clau, #elenao, esperamos sua colocação para confirmar a compra do bloco 2019 kkkk", escreveu o internauta Filipe Oliveira.

No domingo, Preta Gil publicou uma foto relaxando na praia de São Conrado, na zona sul do Rio. "Esperando o vídeo da Dona Preta, diz que apoia as gays... e agora é hora de provar", comentou o seguidor Vladimir Balbino.
"Ela está dando entender que só defende os direitos quando convêm... Espero que ela publique algo a respeito", disse outra internauta.

"Minha flor, já não é mais questão de ser contra um candidato. Estamos diante do maior movimento de mulheres no Brasil. Este movimento poderá mudar os números que trazem aí 12 mulheres mortas por dia, Preta. Esteja ao nosso lado #Elenao", disse Junia Viana.
Procuradas, a assessoria de Preta diz que a cantora "saberá escolher o melhor momento para se manifestar sobre política, quando quiser falar a respeito".

As assessorias de Ivete e Claudia Leitte ainda não responderam se elas pretendem ou não participar do desafio.

Anitta publicou o vídeo por volta das 18 horas de domingo (23), após ser desafiada por Daniela Mercury. "Quero aproveitar essa oportunidade para deixar claro, de uma vez por todas se ainda não ficou, que eu não apoio o candidato Bolsonaro. Eu também quero deixar claro que, em momento nenhum eu desmereci a hashtag [#Elenão]. Só quis deixar claro para vocês, que além de se manifestar com hashtag, a gente pode se posicionar durante a nossa vida, as nossas atitudes também que mostram a nossa luta contra o preconceito, o racismo, machismo, homofobia, nossa luta pelas minorias", disse Anitta em seu vídeo.

Em pouco tempo, várias famosas se uniram ao movimento, entre elas: Marília Mendonça, Letícia Sabatella, Letícia Colin, Nathalia Dill e Sophie Charlotte.
No próximo sábado (29), protestos marcado em vários Estados do país promete levar milhares de mulheres às ruas.

Famosos