PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Maiara e Maraisa contam o que ouviam sobre shows: "Mulher não leva público"

Maiara e Maraisa participaram do "Altas Horas" e falaram de começo de carreira - Reprodução/Globo
Maiara e Maraisa participaram do "Altas Horas" e falaram de começo de carreira Imagem: Reprodução/Globo

Carolina Farias

Do UOL, no Rio

07/10/2018 08h59

A dupla sertaneja Maiara e Maraisa participou do "Altas Horas" no sábado (6). Questionadas por Serginho Groisman, elas responderam sobre o difícil início de carreira, quando não lotavam casas de shows e viam as apresentações serem cancelados só pelo fato de serem mulheres.

"Uma semana de divulgação, chegávamos para tocar e de repente o gerente da casa dizia que não ia ter show, cancelava na hora porque não tinha ninguém", lembrou Maraisa, que teve a resposta completada pela irmã gêmea.

"A desculpa era sempre a mesma 'mulher não leva público', a velha história", contou Maiara.

Serginho pediu para que as irmãs lembrassem como era cantar nesse momento da carreira quando elas ainda não eram famosas. 

"A gente tinha que ficar insistindo, pagava para tocar literalmente. Mas era uma coisa tão prazerosa que até hoje [quando] tem shows que estão estourados e tem show que acontece alguma coisa, não tem tanta gente, e os contratantes falam 'como vocês entram na mesma euforia?'. Porque a gente lembra disso, o quanto a gente lutou para conseguir, tem que respeitar", afirmou Maraisa. 

Para Maiara, tem um tipo de circunstância no show lhe desafia. "Eu particularmente gosto muito do show de chuva onde o povo sai e a gente tem que ir buscando o povo 'vamos gente'", disse a cantora, que foi "desmascarada" pela irmã.

"Quando mais dificuldade, mais ela se esforça. A gente não escolheu fazer aquilo: 'se der certo'. Era 'a gente vai fazer isso, se der certo, se der errado, a gente vai fazer isso o resto da vida", afirmou Maraisa.

As irmãs de Mato Grosso, que têm 30 anos, cantam desde os 14 anos.

Famosos