PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Pedro Neschling critica Regina Duarte e Thiago Rodrigues defende a atriz

Regina Duarte conversou com Bolsonaro - Reprodução/Twitter
Regina Duarte conversou com Bolsonaro Imagem: Reprodução/Twitter

Rodrigo Soares

Colaboração para o UOL

15/10/2018 08h58

O segundo turno das eleições presidenciais no Brasil está movimentando os artistas e criando discussões. Recentemente, logo após a atriz Regina Duarte se encontrar com o candidato Jair Bolsonaro - que disputa contra Fernando Haddad - e declarar apoio a ele, o ator e escritor Pedro Neschling fez uma postagem no Instagram criticando a colega de profissão.

"Triste perceber, mas Regina Duarte nunca foi tão namoradinha do Brasil quanto agora", alfinetou ele.

Nos comentários, o ator Thiago Rodrigues saiu em defesa da veterana. "Respeita a Regina. Ela não pode ter o pensamento diferente do seu? Democracia é assim, e os brasileiros em sua grande maioria estão escolhendo tirar o PT do poder. Se todos respeitamos a liberdade de pensamento do próximo e a democracia, a vida fica mais fácil", escreveu o galã.

Antes, Patricia Pillar também já tinha se manifestado contrária ao posicionamento de Regina.

"Administrar um país tão complexo como o nosso não é fácil e muitos erros foram cometidos. Mas você acha que a solução neste momento é votar em um candidato que nunca administrou uma rua sequer? Que se apresenta como o 'salvador da Pátria', mas não tem o menor conhecimento sobre economia, saúde e educação? A apologia à violência que ele prega nos trará ainda mais violência. Violência esta que já pode ser sentida hoje em nossas ruas. Falo aqui principalmente das minorias, pretos, pobres, LGBTIs, índios etc. Um governo ruim que pode ser trocado em 4 anos, mas a destruição do nosso tecido social poderá levar décadas. Pense nisso com carinho", ponderou a atriz.

O ator José de Abreu não poupou críticas e falou que Regina dissemina fake news ao postar uma comparação entre o salário mínimo e o que ela chama de "Bolsa-Presidiário".

Oi, colega @reginaduarte. Bolsa-presidiário existe desde 1991. Sei que você é meio esquecida, não consegue decorar texto há muitos anos (inaugurou o uso de ponto eletrônico para atores na Globo), mas “dar um Google” evitaria de você passar fake news do fascista que você apoia", disparou o Dorival de "Segundo Sol".

E cada um tem os namoradinho que merece, né amores?

Uma publicação compartilhada por Pedro Henrique Neschling (@pedroneschling) em

Famosos