PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Renata Capucci se emociona ao contar que perdeu filho no 7º mês de gravidez

Renata Capucci se emociona no "Mais Você" - Reprodução/Globo
Renata Capucci se emociona no "Mais Você" Imagem: Reprodução/Globo

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

18/10/2018 10h08

Renata Capucci se emocionou ao lembrar quando perdeu seu primeiro filho, quando estava no sétimo mês de gravidez. Além dele, ela sofreu mais dois abortos espontâneos.

"Perdi três filhos. Nunca tive problema para engravidar, eu engravidava fácil. O meu problema acontecia durante a gestação. Logo que a gente casou, a gente engravidou do Bernardo e eu perdi ele com 33 semanas. Você pode imaginar um negócio desse? De um dia pro outro, ele parou dentro da barriga", contou a jornalista no "Mais Você" desta quinta-feira (18).

"Eu achei estranho, falei pro Ivo [marido], 'ele não está mexendo'. Ele falou: 'Vai tomar café, ele está dormindo'. Aí não mexeu, fui na minha médica, ela não conseguiu auscultar, aí fui na ultrassonografista, quando botou a imagem, eu vi o coração parado e eu falei: 'Meu filho está morto'", lembrou ela, emocionada.

Renata disse que ficou arrasada, mas buscou forças para realizar seu sonho.

"Neste momento, seu mundo desaba, era meu primeiro filho, esperado, querido, tudo programado, uma gravidez perfeita, pré natal, tudo certo. Aí você se vê diante deste momento devastador de ter que enterrar um bebê que você estava preparada já com o quarto pronto, roupinhas, tudo isso".

A jornalista é casada com o médico Ivo Sternick e é mãe de Lily e Diana. 

"Vivi um luto, mas você levanta porque o sonho era mais forte que a tristeza. Muitos casais nesta hora se separam, se distanciam e, se você está vivendo isso, se una ainda mais porque só o amor pode fazer com que você realize o sonho de ser mãe, seja engravidando ou adotando uma criança. Aí a gente conseguiu, engravidamos da Lily e ela nasceu", disse.

"Depois da Lily perdi outros dois e não descobri o que tinha acontecido com o Bernardo, fizemos autopsia. E a gente controla o que nessa vida? Era para ser, ou não era pra ser. Era pra ser mãe da Lily e da Diana. Se eu soubesse, lá atrás, que eu ia passar por tudo isso para ser mãe delas, eu passaria", completou ela, deixando Ana Maria Braga emocionada com o depoimento.

Antes disso, a jornalista da Globo relembrou uma das matérias que deixou ela emocionada no ar, durante uma entrevista com uma mãe que perdeu a filha em uma bala perdida enquanto brincava no parquinho de uma lanchonete no Rio de Janeiro em janeiro do ano passado.

"Existe algo mais cruel que isso? Porque a gente por mais treinado que a gente seja para ser imparcial, para ter controle, é impossível não se envolver com uma entrevista dessas...Era uma mãe que tinha perdido sua filha, eu tenho duas... Você imediatamente se coloca no lugar dela. Eu fraquejei ali, eu não consegui".

Televisão