Topo

Famosos


Monica Iozzi diz se arrepender de ter entrevistado Jair Bolsonaro no "CQC"

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

26/10/2018 12h23

Monica Iozzi usou suas redes sociais para fazer um longo desabafo. A atriz relatou que um amigo seu foi espancado por uma pessoa que se dizia apoiador de Jair Bolsonaro, candidato à Presidência da República pelo PSL.

O caso fez com a atriz fizesse apelo a seus seguidores, para que busquem informações sobre a vida política do candidato.

Ela também relembrou sua época como repórter do “CQC”, extinto programa da Band. Na época, ela entrevistou Bolsonaro em diversas ocasiões, e conta que jamais imaginou que pessoas iriam se identificar com o discurso do deputado.

"A gente mostrava [as entrevistas com Bolsonaro no 'CQC'] para que as pessoas vissem o nível péssimo de parlamentares estávamos elegendo. Era como denúncia. Jamais imaginamos que muitas pessoas se identificariam. (...) Eu me arrependo de ter entrevistado ele tantas vezes", declarou Monica em uma live em Instagram.

A atriz fez ainda outro vídeo para sua página no Facebook, no qual relembrou declarações que ela ouviu do deputado nos anos em que cobriu os acontecimentos do Congresso.

"Ele disse para mim numa matéria do 'CQC' que achava que o SUS não deveria pagar o tratamento para pacientes que são soropositivos, que tem o vírus HIV. Pessoas foram contaminadas pelo vírus, segundo Jair Bolsonaro, porque tiveram uma vida promíscua. Porque escolheram ter o vírus ao se comportar daquela maneira e o governo não deveria arcar com isso".

Famosos