Topo

Famosos


Luisa Mell diz que resgate de animais ajuda a enfrentar separação

Reprodução/Instagram
Luisa Mell Imagem: Reprodução/Instagram

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

05/11/2018 13h07

Depois de anunciar o fim de seu casamento de 7 anos com o empresário Gilberto Zaborowsky em suas redes sociais na sexta-feira (2), Luisa  Mell disse que procurou tratar do assunto com "a verdade" ao expor o momento delicado de sua vida pessoal.

"As pessoas me acompanham no dia a dia, torcem por mim, e são muito amorosas comigo. É muito grande o carinho do público. É sempre melhor falar a verdade. Tem coisa que não dá para ficar escondendo porque uma hora ou outra as pessoas vão saber. Foi a forma mais digna de contar", afirmou em entrevista ao UOL.

A ex-apresentadora e ativista pelo direito dos animais, ao ser questionada por fãs, disse que "a dor é infinita" e que não revelaria as razões para o término de seu casamento. À reportagem, Luisa também preferiu manter o silêncio: "Falei o que tinha que falar. Também não vou ficar fazendo um reality show, um 'Big Brother' da minha vida pessoal". 

"Mas acho que precisava dar uma satisfação, assim como você dá para os seus amigos... As pessoas me acompanham, ainda mais porque eu mostro muito minha casa, meu cachorro... Mostrava bastante nosso casamento. Acho que devia isso para as pessoas", declarou. "Ele é pai do meu filho. Ainda mais hoje com a internet as coisas ficam para sempre. Falei para as pessoas, mas entrar totalmente na minha intimidade, expor o pai do meu filho é desnecessário", completou.

"Não gosto de ter dó de mim"

Luisa Mell não deixou suas atividades de lado mesmo durante o processo de divórcio. A ativista disse que apesar do momento difícil honrou seus compromissos. 

"É uma coisa que me dá muita força. Semana passada eu estava no meio de um furacão, mas tinha uma reunião e não pude deixar de ir. Estou fazendo o meu máximo. O meu trabalho me dá tanta alegria, satisfação... Não gosto de ficar com dó de mim mesma e vou ajudar quem está sofrendo mais. Esse é o negócio", afirmou.

Primeiro resgate de urso

Reprodução/Instagram
Ursa Rowena, que foi resgatada por Luisa Mell Imagem: Reprodução/Instagram
Recentemente, Luisa se dedicou ao resgate de uma ursa que vivia em um zoológico em Teresina, no Piauí. A operação, segundo ela, envolveu cerca de 15 pessoas -- entre veterinários, biólogos e anestesistas -- que fizeram o transporte do animal até um rancho em Joatinga, interior de São Paulo.

"Fizemos toda a operação, que foi um sucesso. Ela [a ursa] entendeu tudo. Eu não tinha experiência com o resgate de urso. É ainda mais forte do que um cachorro. É como uma pessoa. Imagina [o calor do] Piauí num negócio de concreto que é onde ela ficava?", diz a ativista, que transmitiu todo o resgate em seu Instagram.

Luisa levou a ursa Rowena, como ela foi rebatizada, para o Rancho dos Gnomos, um santuário ecológico que recebe ajuda do instituto fundado pela ativista famosa.

No local, Luisa investiu cerca de R$ 300 mil para a construção do recinto para acomodar a ursa. "Ela já é uma ursa idosa, foi explorada a vida inteira... Não deve ter muitos anos de vida, mas pelo menos vai viver dignidade", diz ela.