Topo

Famosos

Joelma diz ter sido agredida por Ximbinha: "Não era nem para estar viva"

Reprodução/TV Globo
Joelma se emociona ao relembra supostas agressões de Ximbinha Imagem: Reprodução/TV Globo

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

11/11/2018 22h31

A cantora Joelma se emocionou ao relembrar agressões que afirma ter sofrido do ex-companheiro, o músico Ximbinha, durante entrevista ao "Fantástico", da TV Globo, neste domingo (11). Joelma e Ximbinha mantiveram relacionamento por quase duas décadas, mas anunciaram a separação em julho de 2015.

Na ocasião, a cantora chegou a dar entrada com o pedido de medida protetiva na Justiça, com base na Lei Maria da Penha, que cria mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher.

"Se eu estou viva, é porque um cantor que trabalhava junto comigo me tirou da mão da pessoa na hora [da agressão], porque não era nem para eu estar viva hoje", disse Joelma em conversa com Luiza Brunet, que também processou o ex-marido por violência doméstica.

"A minha vida estava tão ligada e amarrada ao meu casamento. Eram o meu trabalho, a minha família, os meus sentimentos de mulher, tudo entrelaçado. Era tão preso, tão amarrado, que era quase impossível separar. De repente tudo desaba. Arrancaram as minhas forças, eu me sentia como se fosse um zumbi. Mas eu pensei: 'eu preciso me levantar'. Eu não podia aceitar aquela situação", avaliou a cantora.

Ximbinha negou as acusações da ex-mulher em entrevista por telefone ao “Balanço Geral”, na sexta (9), e afirmou ainda que “Joelma expulsou a própria mãe de casa, chamou a irmã de ladra e expulsou a sua filha ainda na adolescência”.

“Eu quero deixar claro para vocês que todas essas acusações da Joelma são caluniosas, mentirosas, e nesta semana ela extrapolou. Essa mulher tem passado dos limites”, disparou Ximbinha.

“Ela expulsou a mãe como ladra, dizendo que roubava ela. Tirou a irmã da nossa casa, que cuidava dos nossos filhos e da nossa casa. Quando estou tentando me reerguer, ela vem com essas mentiras e calúnias, tentando me prejudicar”, completou ele à atração da Record.

Ao UOL, a assessoria de imprensa da Joelma disse que a cantora não vai se manifestar sobre as acusações de Ximbinha.

Joelma e Ximbinha anunciaram o fim do casamento de 16 anos em agosto de 2015. Na ocasião, os dois afirmaram por meio de um comunicado "que o respeito, gratidão, amizade, admiração e parceria" permaneceriam recíprocos. Não foi o que aconteceu.

Durante a apresentação de um show, Joelma sugeriu que foi traída por Ximbinha e apontou o dedo para o ex-marido ao cantar parte do refrão da música "A Lua Me Traiu".

No mês seguinte, a Justiça do Pará proibiu Ximbinha de ficar a menos de cem metros de Joelma com base na Lei Maria da Penha. Porém, o advogado do músico conseguiu derrubar a liminar uma semana depois, o que viabilizou a volta do guitarrista para a banda.