Topo

Famosos

Antonia Fontenelle lembra 6 anos da morte de Marcos Paulo

Reprodução/Instagram
Marcos Paulo e Antonia Fontenelle Imagem: Reprodução/Instagram

Rodrigo Soares

Colaboração para o UOL

12/11/2018 07h41

No domingo (11), a atriz e apresentadora Antonia Fontenelle lembrou dos 6 anos da morte de seu ex, o ator e diretor Marcos Paulo. Em postagem no Instagram, ela falou sobre a história de amor dos dois.

"11/11 Não gosto dessa data, ficará pra sempre na minha memória. Hoje faz exatos 6 anos que esse cara das fotos partiu. Como vocês podem ver, estávamos sempre lado a lado e sempre vigiados, como uma espécie de atração, algo que alguns viam como inaceitável, afinal tratava se de um homem (na época) visto como intocável por fazer parte de um sistema hoje falido e desmistificado e uma menina/mulher, simples, autêntica e real. Era tão inaceitável que até hoje brigam na justiça pra apagar um fato impossível de ser apagado, conforme vocês podem ver. Marcos Paulo, deixo aqui a minha homenagem e desejo paz e muita luz ao seu espírito. Você sempre será lembrado por mim com carinho, respeito e admiração. Assim será enquanto eu for viva", disse ela.

Desde a morte de Marcos, Antonia briga com as filhas do diretor pela herança deixada por ele. Em entrevista recente, a atriz e apresentadora contou que se arrepende de, anos atrás, ter assinado um documento em que abria mão do que ela teria por direito.

"Toda essa confusão de briga, de imbróglio, quando o outro lado diz que só está fazendo o que o Marcos queria, é baseado em papéis assinados por mim. (...) Liguei para o advogado dele, que hoje é inventariante, falando que queria assinar um papel abrindo mão de tudo do Marcos que poderia ser meu. Era uma prova de amor para ele ver que nem todo mundo está interessado (no dinheiro dele). Assinei esse papel e até hoje esse papel é usado contra mim. Só que depois ele foi lá e me beneficiou. Só que esse papel que ele assinou é passível de discussão. Esse mesmo advogado que levou ao tabelião, cartório, reconhecendo que eu abri mão de tudo, ele não fez a mesma coisa na hora que o Marcos Paulo fez a carta me beneficiando. E aí? Estava dando uma prova de amor, depois ele foi lá e acho que pensou em desfazer isso. Não me falou nada, fez um papel à mão e entregou para o advogado. Qualquer advogado sabe que papel escrito à mão, sem testemunha e sem reconhecer em cartório é passível de discussão", disse ela.

"Eu me arrependo. Ele não me pediu em momento algum para assinar aquele papel. Eu estava dando a ele uma prova de amor. E acho que ele pensou em desfazer o que eu fiz. Escreveu um documento e entregou para o advogado. Me arrependo desse momento por tudo que está acontecendo. Não por ele, me arrependo por isso. Não precisaria estar vivendo nada disso. Não sou de me arrepender, mas se tivesse que mudar alguma coisa, seria isso. Se tiver próximo marido eu não vou assinar nada", completou.

Além de Marcos, Antonia foi casa