PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Tom Cavalcante prepara volta ao cinema e imitação de Bolsonaro na TV

Tom Cavalcante filma "Os Parças 2" - Stella Carvalho/Divulgação
Tom Cavalcante filma "Os Parças 2" Imagem: Stella Carvalho/Divulgação

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

13/11/2018 04h00

Sem descanso, Tom Cavalcante emendou dois de seus principais trabalhos em novembro. Na última semana, terminou as filmagens de "Os Parças 2", sequência do longa-metragem brasileiro estreado em 2017 mais visto nos cinemas (1,36 milhão de espectadores). E nesta segunda-feira (12), começou a gravar a quarta temporada de "Multi Tom" no canal pago Multishow.

Em "Os Parças 2", Tom Cavalcante e seus "parças" Whindersson Nunes, Tirullipa e Bruno de Luca trocam a cidade pelo campo e tomam conta de uma colônia de férias ambientada em Itu, interior de São Paulo.

O filme, que estreia em julho de 2019, terá participações das atrizes Mariana Santos e Fabiana Karla, a cantora Simone (irmã de Simaria) e os jogadores Falcão (do futsal) e Amaral, muito elogiado por Tom.

"Amaral pode ser o novo integrante dos 'Parças', porque ele é muito criativo, muito divertido. Brincamos muito com a fotogenia dele", diz o humorista, aos risos, em entrevista ao UOL.

Antes de "Os Parças 2", Tom retornará aos cinemas na versão estendida de "Sai de Baixo", em que ele reviverá Ribamar. O humorista prevê mais filmes da franquia "Os Parças" e transformá-la em uma sequência como "Se Beber, Não Case" e "Gente Grande".

"Tínhamos em mente fazer uma série de filmes, mas não tão rápido como foi o segundo, porque o primeiro teve uma bilheteria muito expressiva. Vamos fazer uns dez filmes dos 'Parças' (risos). Vamos escolher alguma cidade do Caribe, Nova York ou Las Vegas", antecipa.

Tom Cavalcante imita Jair Bolsonaro em seu canal no YouTube - Reprodução/YouTube - Reprodução/YouTube
Tom Cavalcante imita Jair Bolsonaro em seu canal no YouTube
Imagem: Reprodução/YouTube

Bolsonaro na TV

"Multi Tom" começou a ser gravado com participação do sertanejo Gustavo Mioto e o humorista imitando Reginaldo Rossi. Os personagens mais marcantes de Tom, como João Canabrava, Pitbicha e Ribamar, voltarão à TV, mas os quadros políticos terão destaque especial após a eleição.

Tom, que imitou Michel Temer nos últimos programas, passará a faixa presidencial a Jair Bolsonaro. "Agora vem o Congresso, aquela coisa que a gente faz com o presidente, o Bolsonaro, [o ministro da Justiça Sergio] Moro, todo mundo. E vai ter a presença do Donald Trump", conta o humorista, que já imita o presidente eleito em seu canal no YouTube.

"Ele é cheio de gestos, usa muito a mão. Eu gravei o Haddad e Bolsonaro na expectativa de quem iria ganhar. Quando foi a vitória dele, soltei quase que simultâneo com o Bonner", brinca.

Televisão