Topo

Famosos


"É hora de não darmos moral a essa moça", diz Silvia sobre Claudia Leitte

Silvio Santos e Silvia Abravanel - Reprodução/Instagram
Silvio Santos e Silvia Abravanel Imagem: Reprodução/Instagram

Rodrigo Soares

Colaboração para o UOL

14/11/2018 16h44

Após dias de silêncio, Silvia Abravanel resolveu sair em defesa de Silvio Santos sobre a polêmica que se instaurou depois do Teleton de sábado (11). Durante a maratona solidária exibida ao vivo no SBT, o dono da emissora se negou a abraçar Claudia Leitte dizendo que "esse negócio de abraço me deixa excitado". Após essa fala, muitos acusaram Silvio de assediar e constranger a cantora.

"Meu pai é exemplo de caráter, dignidade, hombridade, honestidade, responsabilidade, profissionalismo, respeito ao próximo (quem o realmente conhece sabe do que falo), excelente esposo, pai, avô, bisavô, melhor ser humano. Então pra falar da honra dele antes de mais nada, olhem pra honra de vocês. Está mais que na hora de não darmos mais moral pra essa moça ou essa história. Já basta. Saudades dos tempos em que havia seres humanos movidos à amor, respeito e não saiam por aí atacando uns aos outros por embalo a um segundo de fama. Vai passar e o que vai continuar é o legado que meu pai construiu até hoje com integridade e sempre pensando no próximo. Mais respeito com meu pai. Sejam um terço do que ele é até hoje, depois falem, ok?", disparou ela, que comanda o "Bom Dia e Cia".

Pouco antes, Daniela Beyruti, outra filha de Silvio, também tocou no assunto e lamentou que o dono do SBT seja alvo de mensagens raivosas.

"Tenho escutado tanto absurdo esses dias. Me pergunto: Será que um homem íntegro, trabalhador, super pai, avô, bisavô, bom marido, colega de trabalho, comunicador de décadas e pessoa que sempre semeou o bem, assediaria mesmo uma mulher na frente de sua esposa e filhas ou estaria fazendo seu trabalho de apresentador brincando no palco com uma outra artista? Saudades da TV de antigamente. Onde existia muita brincadeira e pouco constrangimento. Desabafo de uma filha", falou ela, que é diretora na emissora do pai.

"Tanta maldade que só choro quando penso nisso. Muito triste mesmo. Quanta injustiça com a vida, com a história e com o caráter do meu pai. Existe um ser humano, existe um pai de família, existe um marido, um empresário, um animador, um artista e também uma família que conhece ele muito bem, que ama ele, que admira e que está escutando cada barbaridade em relação ao pai. Meu Deus, onde vamos chegar? Estou muito triste mesmo", falou Patricia Abravanel, que participa do "Jogo dos Pontinhos", nos comentários da postagem de Daniela.

Rebeca Abravanel foi mais econômica e, também no Instagram, pediu que os fãs vissem o que Daniela publicou.

Teleton

Silvio Santos deixou Claudia Leitte constrangida no Teleton, quando a cantora pediu um abraço ao apresentador, mas ele disse não. "Esse negócio de abraço me excita", justificou. "No sentido de alegria, de euforia?", tentou minimizar a cantora. "Não, de excitação mesmo", reafirmou Silvio.

Na manhã de segunda, Claudia Leitte se manifestou sobre o episódio e admitiu ter ficado constrangida com o comentário de Silvio.

"Senti-me constrangida sim! Quando passamos por episódios desse tipo, vemos em exemplificação, o que acontece com muitas mulheres todos os dias, em muitos lugares. Isso é desenfreado, cruel, nos fere e nos dá medo. A provocação vem disfarçada de piada, e as pessoas riem, porque acostumaram-se, parece-nos normal! E lá se vai a nossa vida, cheia de reflexões quanto ao que usar como artista, como empresária, como esposa, como amiga, como empregada, como patroa... como mulher. Até que horas podemos estar nas ruas? Aprendemos a nos esquivar. Fizemos concessões porque fomos educadas assim. Mas, nós que somos vítimas! 'Ah, mas se estivéssemos usando outra roupa?' Definitivamente a culpa não é do que estamos usando! A culpa é dessa atitude constrangedora e de dois pesos e duas medidas. Somos livres!", escreveu no Instagram.

Famosas apoiaram Claudia Leitte e repudiaram a atitude de Silvio, publicando a frase "Mexeu com uma, mexeu com todas" e a tag #ChegaDeAssédio.