Topo

Famosos

"Sofri bastante na minha época de colégio", lembra Débora Nascimento

Reprodução/Globo
Débora Nascimento Imagem: Reprodução/Globo

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

25/11/2018 10h27

Débora Nascimento está no elenco de "Verão 90", próxima novela das sete da Globo, e lembrou como foram os anos 90 para ela na época da escola.

"Eu era um bichinho de mato. Já era alta, tenho 1m78 desde os 15 anos, ficava no fundão da escola, meio muda, meio arcada, usava óculos, cabelo também não sabia mexer nos cachos, achava esquisito, vivia com ele preso. Não falava muito, era muito tímida", contou ela no "Altas Horas" de sábado (24).

A atriz contou que sofreu bullying dos colegas da turma, mas tentava não dá ouvidos.

"Fingia que não escutava, mas implicavam comigo, tinha bola na cabeça, jogavam coisas para grudar no meu cabelo, sofri bastante na minha época de colégio. Foi um período bem difícil pra mim", lembrou.

"Passei por 16 horas de trabalho de parto"

Casada com José Loreto e mãe de Bella, de apenas sete meses, Débora Nascimento contou detalhes do nascimento da filha.

"Meu parto foi intenso, emocionante, uma montanha russa de emoções. Passei por 16 horas de trabalho de parto, mas não parece, quando você está ali vivendo cheia de hormônios, cheia de adrenalina, parecem que foram duas horas. Aí depois não evoluiu, acabei fazendo uma cesárea e foi lindo, já peguei ela no colo, fiquei ali meia hora comigo mamando. Foi todo um parto humanizado e emocionante", disse.

Loreto não desgrudou da mulher em nenhum momento. "José ficou exausto, acho que ficou mais cansado do que eu. Ficou ali do meu lado, na minha mão, desloquei o dedo dele, depois coloquei de volta no lugar porque é uma coisa super selvagem e eu estava ali liberta de tudo. A gente vira um bicho, é uma loucura e depois brota um amor, uma luz, é emocionante", contou.