Topo

Famosos


Sabrina Sato entra em trabalho de parto e vai para a maternidade

Ana Cora Lima, Marcela Ribeiro e Gisele Alquas

Do UOL, em São Paulo e no Rio

28/11/2018 15h54

Zoe está prestes a nascer. No início da tarde desta quarta-feira (28), a bolsa de Sabrina Sato estourou em casa e apresentadora seguiu para maternidade. A informação foi confirmada pela irmã de Sabrina, Karina Sato, ao UOL.

A assessoria de Sabrina confirmou também que a bolsa tinha estourado: "Agora só avisaremos quando ela nascer".

Com a mãe, Kika, e a sogra, Leda Nagle, Sabrina deu entrada, às 16h10, na maternidade Pró-Matre, na região da avenida Paulista, em São Paulo, onde já havia um quarto preparado. O pai da criança, Duda Nagle, também está no hospital. O procedimento de dilatação para o parto normal pode levar até 20 horas.

Em conversa com o UOL, Kika afirmou que nunca havia visto a filha tão nervosa.

Mais cedo, Karina contou a reportagem que a apresentadora iria à maternidade nesta tarde. "Ela vai fazer uns exames e pode ser que já fique. Hoje ela completa 41 semanas, pode nascer hoje, amanhã", disse a empresária.

A irmã também confirmou a intenção de Sabrina de ter Zoe de parto natural e que, no domingo, após uma consulta, a obstetra ainda não havia cogitado cesárea. "A médica falou que está tudo bem, que pode vir a qualquer momento", completou.

Zoe é a primeira filha de Sabrina, de 37 anos, e fruto do relacionamento dela com o ator Duda Nagle, de 35 anos. O casal está junto há quase três anos.

Merchans 

Nesta quarta-feira, o colunista do UOL Ricardo Feltrin revelou que a gestação de Zoe foi bastante lucrativa para a apresentadora. A hashtag #VemZoe foi a mais usada por Sabrina nas últimas semanas em suas redes sociais. Levantamento feito pela coluna apenas no Instagram de Sabrina mostra que a estrela da Record já fez cerca de 40 diferentes ações publicitárias de produtos ligados apenas a gestação.

Complicações

No início desta semana, a apresentadora relembrou a gestação e as dificuldades pelas quais passou. Ela chegou a ficar internada por quase um mês no começo da gestação, porque a gravidez foi considerada de alto risco

"Meu relacionamento com a minha filha começou dentro do meu ventre. Logo no início, quando descobri sua existência, ainda tinha algumas semanas, e era frágil demais. E mesmo com medo, não perdi minha fé. Pelo contrário, ela aumentou. E conversei com ela bastante, falei pra ela se segurar e tentar ficar comigo, que tudo ia dar certo. Toda vez que lembro do que passamos no início, me emociono", declarou.

Sabrina sempre conversa com a filha, mesmo sem ela ainda ter vindo ao mundo. "E desde o começo, a nossa relação foi a base do respeito, confiança e amor. E é assim que vai ser. Por isso eu converso com ela e desejo que ela venha quando estiver pronta. Claro que tô muito ansiosa pra sua chegada, mas me preocupo em respeitar o tempo dela, protegendo e cuidando pra que dê tudo certo sempre", completou.