Topo

"Lixo de ironia, mau-caratismo e falta de educação", diz Ilha sobre Gabi

Reprodução/PlayPlus
João Zoli e Rafael Ilha conversam na cozinha Imagem: Reprodução/PlayPlus

Jéssica Díez Corrêa

Colaboração para o UOL, em São Paulo

05/12/2018 12h01

Em conversa com João Zoli, na madrugada desta quarta-feira (5), Rafael Ilha relembrou uma das muitas discussões que teve com Gabi Prado ao decorrer do programa. Em uma atividade surpresa onde todos deveriam escrever cartas aos colegas, o ex-Polegar não gostou da mensagem da brasiliense, fez uma bolinha de papel e jogou na modelo, chamando-a de lixo.

"Deixa só eu te explicar uma coisa, vou relembrar uma coisa para você. No dia das cartas, eu li a carta dela inteira. E ela pôs assim: 'Você entrou um m**** e continua um m****', certo? Só que a minha carta que eu escrevi pra ela em nenhum momento eu xinguei ela. Por isso que eu fiquei p*** e joguei o bagulho no colo dela", disse Rafael.

"Mas eu falei que não tenho nada a ver com isso. Eu só citei porque foi o dia, de todas as brigas que vocês tiveram, aquela ali nem foi uma briga grande, mas foi o dia que ela ficou pior aqui dentro. Mas eu só citei porque o que eu quis dizer foi que você podia ter saído muito superior ali. Você foi maduro e não ofendeu ela na carta. Ela não conseguiu ser igual e te ofendeu. Você podia ter falado: 'Beleza, você seguiu me ofendendo'. E depois jogar a carta fora. Mas você foi até ela e falou: 'É no lixo? Então, puf''", respondeu João, fazendo o gesto de jogar algo em outra pessoa.

"Pra mim, naquele momento, ela continuava sendo um lixo de ironia, de mau-caratismo, de falta de educação, de superioridade", detonou o cantor. "Mas o que eu falei é que você, naquele momento, poderia ter saído superior", justificou o carioca. "Poderia ter saído, mas não quis sair", retrucou Ilha.

"Por isso que eu falei que não tenho nada a ver com isso, mas foi uma atitude que eu discordei", explicou Zoli. "Mas eu quero que você lembre que antes de tomar aquela atitude, ela chegou e falou que eu era um m***** e continuava um m*****", insistiu Rafael. "Eu lembro", disse João. "Então só isso", finalizou o ex-Polegar.