Topo

Rafael Ilha fala sobre história de João Zoli: "É uma apelação subliminar"

Reprodução/PlayPlus
Rafael Ilha e Evandro Santo criticam postura de João Zoli Imagem: Reprodução/PlayPlus

Caroline Vencp

Colaboração para o UOL, em São Paulo

06/12/2018 09h37

Em uma conversa com Evandro Santo, na madrugada desta quinta-feira (6), Rafael Ilha alegou que João Zoli usa a sua história de vida para fazer uma "apelação subliminar". Segundo o cantor, o peão gosta de dizer que é "o pobre menino bonito". 

"Eu comecei a ver umas situações aqui dentro nessa pegada: 'eu sou o coitadinho, minha história é triste, eu não sou ninguém e eu sou o pobre menino bonito'. Para mim, essas historinhas tristes eu acho que é uma apelação subliminar", disse Ilha. 

"O menino coitadinho não vai nas melhores festas?", interrompeu Evandro. "Você me entendeu, né? Essa apelação subliminar começou a me incomodar. Veio isso na minha cabeça porque a minha falou que não tinha chances ganhar, que eu iria vir para cá, mas não iria ganhar", declarou Rafael.