Topo

Famosos

Autor da Globo sobre o médium João de Deus: "Se fosse médico estava preso"

TV Globo/Divulgação
Aguinaldo Silva é o autor de "O Sétimo Guardião", atualmente exibida na faixa das 21h na Globo Imagem: TV Globo/Divulgação

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

08/12/2018 09h30

Autor de "O Sétimo Guardião", Aguinaldo Silva se indignou com as acusações de abuso sexual contra João de Deus. Neste sábado (8), o novelista comentou, em tom de revolta, os depoimentos feitos contra o médium.

"E esses guias espirituais que se aproveitam das carências de suas discípulas, hein? Primeiro foi o tal de Prem Baba, agora o João de Deus... Se fosse um médico ou um dentista, já estava preso. Mas como os tais guias espirituais são de outro plano... Fica por isso mesmo?", disse Silva no Twitter.

As acusações contra João de Deus foram feitas no programa "Conversa com Bial", exibido na sexta-feira. Quatro mulheres deram depoimentos sobre abusos sexuais sofridos em sessões com o médium. 

O programa mostrou duas tentativas de ouvir João de Deus a respeito das acusações. Em nota, a sua assessoria declarou que o médium "rechaça veementemente qualquer prática imprópria em seus atendimentos".