PUBLICIDADE
Topo

"A Catia despertou algo que estava morto em mim", diz Evandro Santo

Evandro Santo fala sobre Catia Paganote - Reprodução/Play Plus
Evandro Santo fala sobre Catia Paganote Imagem: Reprodução/Play Plus

Stefanie Gaspar

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/12/2018 13h44

Na tarde deste domingo (9), em papo com João Zoli na área externa, Evandro Santo comentou que a convivência com Catia Paganote o lembrou de características que já havia esquecido.

"Conviver com a Catia despertou algo que estava morto em mim. Meu amor por cuidar da casa, das plantas, me dedicar a deixar as coisas gostosas aqui para todo mundo", explicou o humorista. "Ela ensinou a gente aqui a viver em comunidade, a fazer as coisas um pelo outro", completou Santo. 

"Gentileza gera gentileza, mas não podemos fazer uma gentileza esperando algo em troca. É o que eu tento lembrar", respondeu João Zoli.