PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Globo suspende gravação de série após funcionário ser assassinado

Tatá Werneck é a protagonista da série "Shippados", que será lançada em 2019 no Globo Play - Reprodução/Globo
Tatá Werneck é a protagonista da série "Shippados", que será lançada em 2019 no Globo Play Imagem: Reprodução/Globo

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

11/12/2018 12h05

As gravações da série "Shippados", do serviço de streaming Globo Play, foram suspensas nesta terça-feira (11) em Maricá, no Rio de Janeiro, em razão da morte do funcionário Francis Ferreira de Souza, ocorrida na noite de segunda-feira, no bairro Jardim Atlântico, em Itaipuaçu. A Globo confirmou a informação por meio de um comunicado. 

"Ele foi baleado quando chegava em casa, em Maricá, após um jantar, acompanhado do colega Carlos Niedson Faria Adell, maquinista da equipe, que se feriu na perna e está sendo transferido para um hospital na cidade do Rio de Janeiro. A Delegacia de Homicídios de São Gonçalo está investigando o crime", diz a emissora. 

Em nota, a Polícia Civil do Rio diz que "de acordo com informações de um amigo da vítima, que também ficou ferido, eles foram abordados e baleados por homens armados em um carro na porta da casa de Francis. A perícia foi realizada no local e diligências estão em andamento em busca de imagens e informações que levem a autoria do crime".

O funcionário trabalhava como eletricista na equipe da série de humor com Tatá Werneck e Eduardo Sterblitch como protagonistas. A produção, escrita por Alexandre Machado e Fernanda Young, tem lançamento previsto para o primeiro semestre do ano que vem. 

Televisão