Topo

Famosos


Quem são os famosos que procuraram João de Deus e quem falou sobre o caso

Carolina Farias

Do UOL, no Rio

2018-12-11T04:00:00

11/12/2018 04h00

Muito procurado por artistas e celebridades brasileiras e até internacionais, João de Deus está no centro de um grande escândalo, depois da denúncia feita no programa "Conversa com Bial", na qual quatro mulheres afirmaram ter sofrido abuso sexual por parte do médium. Dezenas de outras histórias vieram à tona desde então.
 
Entre as personalidades que já passaram pela Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, Goiás, estão Xuxa, Giovanna Antonelli, Juliana Paes, Grazi Massafera, Camila Pitanga, Luciana Gimenez, Cissa Guimarães, Isabella Santoni, Paula Burlamaqui, Bárbara Paz, Bruna Lombardi, Carlos Alberto Riccelli, Fábio Assunção, além da apresentadora Oprah Winfrey, que além de um atendimento o entrevistou, e da top model Naomi Campbell.

Até o momento poucos famosos se manifestaram sobre o caso, nenhum defendeu João de Deus.

Pedro Bial frisou que dez mulheres fizeram denúncias contra o médium, mas que somente quatro casos seriam mostrados. No estúdio, o jornalista recebeu a coreógrafa holandesa Zahira Nieleke Lous, que relatou o assédio sexual sofrido, e a americana Amy Biank, que esteve 45 vezes em Abadiânia e levou 1.500 pessoas ao lugar. Ela afirmou na entrevista ter visto João de Deus forçar uma mulher a fazer sexo oral nele.

Aos programas da Globo que exibiram as denúncias, a assessoria de imprensa informou que João de Deus rechaça as acusações. O advogado do médium, Alberto Toron, disse João está à disposição da Justiça para ser ouvido a qualquer momento.

Nesta segunda-feira (10), o Ministério Público de Goiás informou em entrevista coletiva que foi criada uma força-tarefa para investigar as denúncias.

Aguinaldo Silva

O primeiro a se manifestar sobre as denúncias contra João de Deus foi o autor de "O Sétimo Guardião". Aguinaldo usou sua conta no Twitter para questionar o motivo de o acusado pelas mulheres ainda não estar preso. "Se fosse médico estava preso", disse.

Alessandra Maestrini

A atriz usou seu perfil no Instagram para postar um vídeo onde demonstra sua indignação sobre o médium e diz que poderia ser uma vítima já que esteve na Casa Dom Inácio de Loyola.

"Horrorizada com essa história, até porque eu fui lá em um momento, assim como grande parte das pessoas que vai lá, de fragilidade, buscando esperança, então poderia ter sido comigo", diz no vídeo, que teve cerca de 1.300 curtidas.
 

Gloria Perez

Sem expressar sua opinião sobre as denúncias, a autora postou em seu perfil no Twitter uma imagem da chamada da notícia sobre as entrevistas no programa de Pedro Bial.

Maria Cândida

A repórter e apresentadora que já passou pelo SBT, Record e Rede TV! apresenta atualmente o programa "Manhã Leve", na TV Aparecida, escreveu na legenda da postagem que esteve em Abadiânia e provavelmente não sofreu abuso por ser uma pessoa conhecida. "Eu o conheci e provavelmente, porque trabalho na TV, não passei por isso. Horrível pensar no que se passava lá".

Lívia Andrade

A apresentadora do "Fofocalizando", do SBT, lembrou em sua postagem no Instagram sobre o caso que é muito perigoso endeusar pessoas. "Existem sim pessoas iluminadas com a luz de Deus, como também existem pessoas sombrias e monstruosas".