Topo

Televisão


"Se não deu certo foi incompetência minha", diz Datena após fim de programa

Divulgação / Band
Datena à frente do "Agora é com Datena" Imagem: Divulgação / Band

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

03/01/2019 18h26

José Luiz Datena afirmou que o fim de seu programa, "Agora é Domingo", aconteceu por "culpa e incompetência" sua, durante desabafo feito no policialesco "Brasil Urgente", da Band", nesta quinta-feira (3). O apresentador disse ainda estar "triste e chocado" com a demissão de toda a equipe. (Assista ao vídeo completo abaixo)

"Eu queria agradecer a toda equipe do 'Agora é Domingo'. E [dizer] que, por um decisão da empresa, essa equipe foi desfeita. Em um país de recessão, demissão não é legal para ninguém. Aqui, como sempre, eu recebo ordens e cumpro essas ordens. Eu tenho contrato, contrato de mais dois anos, mas estou muito triste e chocado com a demissão desses meninos pelos quais eu tenho a maior consideração", disse Datena, demonstrando irritação com a decisão da direção da Band.

"Eu até disse a eles uma coisa que acho fundamental: se o programa até agora não deu certo foi por culpa minha, por incompetência minha. Talvez eu não tenha capacidade mesmo para apresentar programas aos domingos", prossegue.

A Band anunciou através de comunicado oficial enviado à imprensa, nesta quinta-feira (3), que toda a equipe de produção do "Agora é Domingo" foi demitida e que a atração comandada por José Luiz Datena será encerrada.

"O programa 'Agora é Domingo' tal como é hoje, não continuará. Preferimos desenhar um novo programa para ser comandado pelo Datena na futura grade. Estas ideias começam a ser reunidas a partir de agora e, inclusive, o novo programa pode ser levado ao ar aos domingos ou em uma outra posição da programação, no horário nobre. Tudo está sendo revisto", dizia o comunicado.

Questionado pelo colunista Flávio Ricco, do UOL, Datena informou que não concordou com a ordem e que era uma decisão da direção da empresa.

"Objetivo não é fazer sucesso absoluto"

Lançado no primeiro semestre de 2018, o programa iniciou a sua fase chamando-se "Agora é com Datena". Depois, o apresentador saiu para investir na carreira política, desistiu de última hora e voltou para o comando da atração --aí sim, denominada "Agora é Domingo".

Às vésperas da estreia, Datena disse que não pretendia "exibir conteúdo sensacionalista em seu novo programa" e também que seu objetivo não era "fazer sucesso absoluto, e sim solidificar caminhos".

"Mas isso não significa que se o programa fracassar, a minha carreira acabou. A vida precisa seguir", disse ele, naquela ocasião.