Topo

Famosos


Maíra Charken lamenta fim do "Vídeo Show": "35 anos de amor"

Reprodução/Instagram
Maíra Charken Imagem: Reprodução/Instagram

Rodrigo Soares

Colaboração para o UOL

2019-01-10T14:18:33

10/01/2019 14h18

Apresentadora do "Vídeo Show" em 2016, Maíra Charken usou sua conta no Instagram para lamentar o fim da atração global após 35 anos. Nesta quinta-feira (10), ela fez uma postagem em que diz que ter apresentado o programa foi a realização de um sonho.

"Com a alma de criança, aceitei esse desafio de coração e peito abertos, experimentando tudo como se fosse a primeira vez. E era a primeira vez! Eu pensava 'finalmente encontrei o meu lugar!', finalmente eu tava fazendo o que eu sempre achei que faria, desde que eu tinha 3 anos de idade. Eu era uma criança diferente, com sonhos e anseios diferentes de qualquer outra criança que eu conhecia e convivia. Eu era artista, sempre fui. aproveitei cada segundo que eu estive naquela bancada, ou segurando aquele microfone colorido. Muito obrigada VÍDEO SHOW, por esses 35 anos de amor à tevê", agradeceu ela.

Porém, em outras entrevistas, Maíra já admitiu que sua permanência no programa foi turbulenta. Escolhida para substituir Monica Iozzi, ela sofreu com as comparações e logo deixou a bancada. Recentemente, quando o "Vídeo Show" completou 35 anos, ela lamentou não ter sido lembrada para as comemorações.

"Eu estou apagada da história do 'Vídeo Show'. Não sei (a razão). A despedida do Otaviano (Costa) foi a mesma coisa. Eu postei uma foto com ele na bancada e ele comentou e falou que nossa história tá no coração, que não foi apagada, mas foi apagada da história deles. Não só a minha. Rafael Cortez também não aparece, e ele esteve na bancada. Aline Prado também passou na bancada, acho que nem a Giovanna Ewbank não entra. Muita gente esteve na bancada, é que no meu caso eu era a oficial, a substituta da Monica Iozzi, eu peguei essa bucha", declarou.

 

Com a alma de criança, aceitei esse desafio de coração e peito abertos, experimentando tudo como se fosse a primeira vez. E era a primeira vez! Eu pensava ?finalmente encontrei o meu lugar!?, finalmente eu tava fazendo o que eu sempre achei que faria, desde que eu tinha 3 anos de idade. Eu era uma criança diferente, com sonhos e anseios diferentes de qualquer outra criança que eu conhecia e convivia. Eu era artista, sempre fui! E eu já sabia disso e já tinha escolhido esse caminho pra minha vida quando muitas crianças ainda não sabem nem escrever o próprio nome. E assim fui crescendo e fui aprendendo a amar a televisão. Na minha adolescência eu amava tudo o que existia dentro daquela caixa quadrada! Todas as possibilidades que aquele lugar poderia proporcionar, eu amava mais do que a vida! E o VÍDEO SHOW era o amor maior, porque ele falava exatamente daquilo que eu mais amava. Um programa falando da minha amada televisão, falando das minhas novelas e falando de pessoas como eu, de artistas! Como eu queria estar ali!!! Até cartas eu mandava pro @miguelfalabellareal pedindo pra me chamar! Sempre foi um sonho! E eu realizei!!! E aproveitei cada segundo que eu estive naquela bancada, ou segurando aquele microfone colorido. Só tenho a agradecer @zeboninho por ter acreditado em mim e ter me escolhido no meio de uma multidão de talentos, toda equipe maravilhosa (tantas arrobas amadas que vou tentar marcar todos na postagem) que sempre deu a alma pelo programa. Muito obrigada VÍDEO SHOW, por esses 35 anos de amor à tevê! ??#videoshow #videoshowaovivo #tbt #Gratitude #VidaDeArtista

Uma publicação compartilhada por Maíra Charken (@mairacharken) em