PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Regina Duarte cutuca partido de Bolsonaro e defende voto aberto em Senado

A atriz Regina Duarte visitou o candidato Jair Bolsonaro (PSL) em sua casa no Rio de Janeiro - Reprodução/Twitter
A atriz Regina Duarte visitou o candidato Jair Bolsonaro (PSL) em sua casa no Rio de Janeiro Imagem: Reprodução/Twitter

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

15/01/2019 23h35

Apoiadora de Jair Bolsonaro durante as eleições no ano passado, a atriz Regina Duarte protestou contra a candidatura de Renan Calheiros à presidência do Senado e pediu voto aberto para "saber quem é quem".

"Renan, não! O Brasil só avançará se Renan Calheiros não conseguir ser presidente do Senado nem da CCJ [Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania]", postou a atriz da Globo, em seu perfil no Instagram, nesta terça-feira (15). "E além disso, voto aberto! Precisamos saber quem é quem no novo (novo?) time de Brasília", escreveu ela, na legenda.

Regina Duarte não citou os nomes, mas o recado tem endereço certo: Renan Calheiros tem articulado uma aproximação com o governo Jair Bolsonaro nos bastidores de Brasília.

Em entrevista ao jornal "O Globo", apesar de continuar mantendo a sua candidatura, o senador Major Olímpio reconheceu que o emedebista pode ser "impulsionador"' de pautas governistas. Outros senadores da bancada de Bolsonaro, como Selma Arruda (PSL-MT), também admitiu o possível apoio a Renan. O presidente ainda não se manifestou.

Regina Duarte defendeu publicamente o apoio a Jair Bolsonaro e, por isso, recebeu uma enxurrada de críticas de famosos da classe artística, foi defendida por outros.

Em 2002, ela já havia participado das eleições ativamente ao realizar um vídeo em apoio ao então candidato José Serra (PSDB), no qual dizia ter "medo" de uma possível vitória do de Lula por ele representar um "risco para a estabilidade do país".

Famosos