PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Ator Caio Castro é condenado a pagar R$ 7 mil por agressão a fotógrafo

Caio Castro agride o fotógrafo André Ligeiro, que levou três pontos no supercílio - AgNews/Arquivo Pessoal
Caio Castro agride o fotógrafo André Ligeiro, que levou três pontos no supercílio Imagem: AgNews/Arquivo Pessoal

Gisele Alquas

Do UOL, em São Paulo

24/01/2019 13h00Atualizada em 24/01/2019 14h49

Caio Castro foi condenado a pagar R$ 7 mil de indenização para o fotógrafo André Ligeiro, que o processou por agressão durante festa de Réveillon em Trancoso, na Bahia, em 2016. A decisão foi publicada nesta quinta-feira (24) no Diário Oficial do Estado de São Paulo.

O UOL entrou em contato com o fotógrafo, que por meio dos advogados José Diogo Bastos Neto e Henrique Ventureli, disse que vai recorrer do valor da sentença. 

"A condenação de Caio Castro, diante dos inúmeros elementos de prova, já era aguardada. O reconhecimento do ato ilícito foi a primeira vitória. Vamos recorrer visando a majoração do valor fixado. A nosso ver, a quantia arbitrada não observa a gravidade da lesão e a capacidade econômica das partes, daí porque não cumpre a finalidade punitiva", informou a nota enviada ao UOL pelos advogados.

À reportagem também entrou em contato com a assessoria de Caio, que afirmou que o ator não vai se manifestar porque a ação tramita em segredo de Justiça. "A assessoria do ator Caio Castro afirma que a ação tramita em segredo de Justiça e, por isso, respeitando uma decisão judicial, não iremos nos pronunciar sobre o caso e os advogados do ator estão em busca do responsável pelo vazamento das informações que serão responsabilizados nos termos da Lei", informou o comunicado.

Fotógrafo ficou com o rosto sangrando após agressão - Ali Karakas/Divulgação - Ali Karakas/Divulgação
Fotógrafo ficou com o rosto sangrando após agressão
Imagem: Ali Karakas/Divulgação

Relembre o caso

Caio Castro agrediu André Ligeiro com um cabeçada ao perceber que estava sendo fotografado durante uma festa de Réveillon em Trancoso (BA), em 2016. O ator teria pedido para que não fossem feitas as fotos, mas André Ligeiro decidiu registrar as imagens.

Irritado, o ator se aproximou do fotógrafo e lhe deu uma cabeçada, que abriu um corte no supercílio do profissional e precisou dar três pontos. 

Na época a reportagem conversou com o fotógrafo Ali Karakas, amigo de Ligeiro, que presenciou toda a confusão. Ele contou que evitou que Caio agredisse Ligeiro com socos.

Karakas disse ainda que o ator foi expulso do evento pelos seguranças, mas conseguiu voltar e depois foi expulso novamente. Em vídeo publicado nas redes sociais dias depois do ocorrido, Caio Castro admitiu o erro e se desculpou pela agressão. 

Na época, o advogado de Ligeiro, Henrique Ventureli, disse à reportagem que tentou acordo extrajudicial com o ator, mas não obteve resposta e entrou com processo contra o ator. 

Reveja o momento em que Caio agrediu o fotógrafo:

Famosos