PUBLICIDADE
Topo

Rodrigo Bocardi diz que era chamado de robô: "Deu vontade de desistir"

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

25/01/2019 10h01

Rodrigo Bocardi lembrou momentos marcantes da carreira em um super café da manhã a distância oferecido por Ana Maria Braga nesta sexta-feira (25) no "Mais Você". O apresentador, que mora em São Paulo, conversou com Ana Maria no bate-papo conduzido por ela direto dos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro.

Rodrigo Bocardi em sua estreia no "Bom Dia SP", em 2013 - Reprodução/Globo
Rodrigo Bocardi em sua estreia no "Bom Dia SP", em 2013
Imagem: Reprodução/Globo
O jornalista, que começou na Globo atrás das câmeras, como editor de texto, reviu a sua primeira reportagem, em 2002, no "Antena Paulista", e relembrou as críticas que recebeu em sua estreia na bancada do "Bom Dia SP" em maio de 2013. 

"Como me detonaram nesse começo. Deu até vontade de desistir. Eu achava que ia ser fácil, tinha toda estrutura... Quando fui encarar a galera, que dureza! [Diziam] 'É um robô, que é duro demais...' E você dando o máximo", afirmou. O papagaio Louro José, que assistiu ao vídeo da estreia de Bocardi no "Bom Dia SP", brincou: "Não parecia um robô, mas o robocop".

Bocardi diz que fez cursos para se soltar mais e melhorar seu desempenho no vídeo, como a entonação da voz. Ele ainda contou que antes de ser jornalista trabalhou como office boy, ajudando sua mãe na entrega de potes de plástico. 

"As pessoas não acreditam muito nisso. 'Não é possível que esse ai foi office boy...' Ninguém estava lá para ver do Largo São Francisco até cidade Dutra, na zona sul de São Paulo, toda noite eu correndo para ir ao colégio estudar. Fez parte da minha vida", disse ele.  

Televisão