PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Fernando Rocha se emociona ao falar de Brumadinho: "Passei a infância aí"

Mariana Ferrão e Fernando Rocha se emocionam no "Bem Estar" ao falar de Brumadinho - Reprodução/Globo
Mariana Ferrão e Fernando Rocha se emocionam no "Bem Estar" ao falar de Brumadinho Imagem: Reprodução/Globo

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

28/01/2019 12h08

Fernando Rocha não segurou a emoção ao acompanhar a colega do "Bem Estar", Mariana Ferrão, conversar com parentes das vítimas do rompimento da barragem de Brumadinho, direto de Minas Gerais, no programa desta segunda-feira (28).

"Meu coração também está aí, meu coração mineiro, de Brumadinho. Passei a infância aí nas margens do rio Paraopeba, dói demais", disse Fernando, natural de Belo Horizonte.

Mariana entrevistou alguns parentes de vítimas e não escondeu a emoção ao consolar uma mulher que tem um filho de nove meses e busca o marido, que está desaparecido. "É uma situação absolutamente dramática", disse a jornalista, visivelmente abatida.

No "Encontro com Fátima Bernardes", o repórter André Curvello também entrou ao vivo de Brumadinho e falou sobre a dificuldade de fazer uma reportagem no local. "É uma das reportagens mais difíceis", disse ele.

"É um momento indescritível, estar aqui é um terror", completou ele.

Subiu para 60 o número de mortes confirmadas em decorrência do rompimento da barragem em Brumadinho (MG), na sexta-feira (25). O novo boletim foi divulgado por volta das 10h30 pelo Corpo de Bombeiros, que também reúne informações conjuntas da Defesa Civil, Polícias Militar e Civil. Ao todo, 292 pessoas continuam desaparecidas, 192 foram resgatadas e 19 corpos já foram identificados.

Televisão