PUBLICIDADE
Topo

Especial BBB19

"Essas feministas são tudo daquele partido lá ", dispara Paula

Paula conversa com Diego na sala do "BBB19" - Reprodução/GloboPlay
Paula conversa com Diego na sala do "BBB19" Imagem: Reprodução/GloboPlay

Paulo Cintra

Colaboração para o UOL, em São Paulo

31/01/2019 15h49

Na tarde desta quinta-feira (31), Paula conversou com Diego e Hariany sobre a postura política de alguns brothers e a divisão dentro da casa. "Essas feministas são tudo daquele movimento, daquele partido lá. Elas não têm discussão, só querem papo cabeça, ter razão em tudo. Tem que ter muito cuidado com o que fala perto delas", disse a mineira sobre Gabriela, Hana e Rízia. 

"Por isso que nesses papos mais cabeça eu saio fora. Se eles querem falar papo cabeça, falem. Mas não são mais inteligentes que eu. Eu falo de qualquer coisa, mas não aqui dentro. Se você fala uma mer**, você se fo** lá fora. Então é melhor fica quieto", concordou Diego.

"Eles vieram falar que uma música era abusiva contra mulher, eu falei: 'Que exagero'. Eles vieram falar que mulheres morrem por isso, que tem gente que morre por isso. Eu pensei: 'Jesus. Eu tava só conversando'. Eles começaram a abrir um monte de livros, falar esses papos cabeça. Eu só tava falando de uma música", continuou Paula.

A mineira se empolgou e voltou a falar: "Conversei com a Gabi porque ela ficou bem chateada porque eu falei humor negro. Mas é só uma palavra, não entendi direito?". A bacharel em Direito foi interrompida por Hariany, que discordou da sister: "Mas até que faz sentido, mas a gente que não pensa. Tem até a palavra denegrir, que ela falou?".

"Mas até denegrir elas pegaram. Se gente falar que o cabelo é ruim, não pode. Qualquer coisa vira discussão com eles, tem que tomar cuidado com o que a gente fala sempre. Qualquer coisa que eu falo é uma coisa horrível, nem posso falar de cabelo", finalizou Paula. 

Especial BBB19