PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Junior fala de Sandy: "As coisas tinham que estar do jeito que ela gostava"

Junior Lima é entrevistado por Matheus Mazzafera - Reprodução/Instagram
Junior Lima é entrevistado por Matheus Mazzafera Imagem: Reprodução/Instagram

Thaís Sant'Anna

Colaboração para o UOL

31/01/2019 17h36

Junior Lima contou algumas curiosidades de sua vida em uma entrevista para o canal no YouTube de Matheus Mazzafera. Em meio a notícias de uma possível turnê dos 30 anos de lançamento da dupla com Sandy, o músico lembrou como era trabalhar com a irmã.

"Nossas memórias são muito relacionadas ao trabalho. A Sandy é brava. As coisas tinham que estar certas, do jeito que ela gostava. Uma coisa de exigir o mais perfeito possível. Mas a gente tinha muito uma coisa de um objetivo em comum", disse ele, que recordou os momentos mais marcantes da carreira: "Os show no Maracanã e No Rock in Rio. No Rock in Rio saí rindo e chorando ao mesmo tempo. Não sabíamos se seríamos aceitos e fomos o grande nome da noite".

Para Junior, que já teve outros projetos musicais e agora faz parte do Manimal, de música eletrônica, as canções mais marcantes de sua carreira foram da época da dupla com Sandy. "Algumas são referência, 'Vamos Pular', e a primeira de todas, 'Maria Chiquinha'", opinou.

Fama incomoda?

Atualmente com 34 anos e famoso desde os 6, Junior falou do lado ruim de ser uma pessoa pública. "Perder privacidade. Ser julgado por coisas que, normalmente, são nem reais, que são percepções, coisas que são vendidas para o público", declarou.

O cantor não se incomoda com o assédio dos fãs, mas confessou que já passou por situações chatas. "Às vezes incomoda. A maneira de abordar muda muito, faz muita diferença, e a situação em si. Se eu tô comendo, mordendo um lanche e a pessoa vem e tira uma foto. A questão é mais a pessoa não pedir e sair fazendo como se fosse uma obrigação sua estar disponível ali pra ela", desabafou.

Casamento e mais filhos

Casado com Monica Benini, com quem tem um filho, Otto, de 1 ano e 3 meses, Junior confessou que nem sempre achou que iria subir ao altar. "Teve um período da minha vida que achava que eu ia ser um eterno solteirão", assumiu.

O músico se derreteu ao falar de paternidade. "Vem aquela transformação na vida que é muito legal. Dá uma renovada em tudo, uma pilhada pra trabalhar. É um início de um novo ciclo. Tudo fica interessante", disse ela, que pensa em ter mais filhos, mas só mais pra frente. "Quem sabe talvez adotar, não sei. Mas vou vivendo pouco a pouco".

Famosos