PUBLICIDADE
Topo

Especial BBB19

Hana ri de apelido "Diega" e alfineta brother: "Tem masculinidade frágil"

Hana participou do "Mais Você" desta quarta-feira (6) - Reprodução/Globo
Hana participou do "Mais Você" desta quarta-feira (6) Imagem: Reprodução/Globo

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

06/02/2019 09h40

Diego não gostou nem um pouco de ter sido chamado de "Diega" por Hana no "BBB19" e fez questão de reclamar dela para quem quisesse ouvir. Entretanto, a sister parece ter amado a brincadeira. Após ser eliminada do reality, a ex-sister revisitou o episódio durante o "Mais Você" desta quarta-feira (6) e riu da situação, aproveitando para alfinetar o empresário.

"Gente, que coisa incrível! A masculinidade dele doeu. Isso que eu acho engraçado. Isso quer dizer que ele tem uma masculinidade frágil. Não é que ele escolha pegar homem por se sentir ofendido com isso, mas por que isso incomoda tanto? Acho meio suspeito isso. Podia ter levado na brincadeira", disparou ela.

A youtuber também classificou seus desafetos na casa como pessoas mais "conservadoras", e endossou a definição de fãs do reality no Twitter, que dividiram os participantes em dois grupos: o "Villa Mix" e o "Baile da Gaiola".

"Eu não arrumei atrito. Acho que as pessoas se incomodam muito por causa da minha personalidade. É aquilo: essas pessoas que se incomodam com a minha personalidade se incomodam porque vivem um comportamento muito conservador, elas são muito diferentes da gente. Realmente os gostos e os posicionamentos é tudo diferente e o meu incomoda", declarou.

Após chorar muito em sua saída, ela afirmou que não esperava ser eliminada, mas que ficou mais tranquila ao ver que sua diferença de votos com Hariany foi pequena: "Não esperava. A diferença foi mínima, né? Acho que foi melhor eu saber disso. Se fosse um nível de rejeição muito maior eu ia ficar bem mal".

Romance com Alan

Hana também falou sobre o pouco tempo que ficou com Alan dentro da casa. Ela disse que não acredita que ele irá se interessar por outra menina lá dentro, mas garantiu: "Se interessar, interessou. Não posso fazer nada".

"No 'BBB', duas semanas parece que são três anos. Foi rolando, ele queria também, mas ele disse que estava deixando acontecer. Aí aconteceu o beijão do século, esse beijo foi bonito. O Alan, além de tudo, é um homem que reconhece seus privilégios de homem. Ele sempre me respeitou, sempre me ouviu. A gente sofreu muito esses dois dias [pré-paredão], a gente chorava toda hora", declarou a ex-sister.

Especial BBB19