Topo

Maycon defende Paula em conversa com Tereza: "Chata em Minas não é isso"

Reprodução/Globoplay
Maycon conversa com Tereza sobre jogo da discórdia Imagem: Reprodução/Globoplay

Stefanie Gaspar

Colaboração para o UOL, em São Paulo

12/02/2019 00h16

Nesta segunda-feira (11), ao ver Tereza chorando na área externa, Maycon foi conversar com a pernambucana e tentou explicar que a palavra "chata" significa outra coisa em Minas Gerais. 

"Escuta, chata em Minas não é isso. Lá é uma forma carinhosa. A gente fala isso só para quem tem intimidade. Eu falo isso pras minhas namoradas em São Paulo e elas não entendem, só em Minas elas entendem. Quando a Paula falou aquilo, não foi por mal. Não leva isso pro lado ruim. É cultural. Ela é meio doidinha, mas em hora nenhuma ela quis dizer que você é uma pessoa insuportável", argumentou o brother.

Tereza discordou e não aceitou a explicação cultural de Maycon. Ela disse que se irritou não pela opinião de Paula, mas pela decisão da sister de falar em nome do coletivo: "A Paulinha foi grosseira, e ainda usou a palavra dos outros. Nunca votei em Paulinha, e ainda tentei defender ela. Tenho um carinho tremendo por ela. Mas ela não pode falar que a casa toda me acha chata, ela não pode falar em nome de ninguém".