PUBLICIDADE
Topo

Especial BBB19

"Não faria fotos sensuais, é incoerente com meu discurso", diz ex-BBB Hana

Hana Khalil, do "BBB19", quer ser apresentadora - Victor Pollak/Globo
Hana Khalil, do "BBB19", quer ser apresentadora Imagem: Victor Pollak/Globo

Carolina Farias

Do UOL, no Rio

13/02/2019 04h00

Ela prometia causar no "BBB19", mas deixou a casa no terceiro paredão. Com muito choro e até um romance dentro da casa, a youtuber Hana Khalil, de 22 anos, não escapou da eliminação e saiu do reality com 47,98% dos votos.

Boninho, diretor de Gênero de Variedades, que engloba o "BBB", acreditava no poder de Hana: "Essa que vai [ser anunciada agora] vai botar fogo na casa".

A carioca ainda está se acostumando com a nova rotina de ex-BBB e falou ao UOL sobre como ainda se sente com a saída precoce da casa e que, a pequena diferença nos votos (Hariany ficou pouco atrás dela com 47,5%), divide seus sentimentos.

"Foi um baque muito grande ter saído cedo do programa. Pesou muito para mim. Não estava fissurada pelo prêmio de R$ 1,5 milhão, mas sim em ficar mais tempo. Estava animada, doeu bastante ter sido uma diferença muito pequena. Por outro lado, dá uma sensação de alívio não ter sido rejeitada. Teria sido muito pior se eu tivesse saído com 60%, 70% dos votos. Ter sido por tão pouco me deu a sensação de que dei azar", afirmou a youtuber ao UOL.

Hana foi indicada ao paredão pela líder Carol Peixinho. Na semana anterior, ela havia sido líder e seu indicado, o oftalmologista Gustavo Soares, foi eliminado. A baiana justificou a indicação em Hana porque a carioca a vetou da primeira prova do líder.

Ela acredita que sua presença na casa incomodava porque nunca escondeu suas opiniões ou disfarçou seus posicionamentos. 

Hana foi a terceira participante a sair do "BBB19" - Victor Pollak/Globo - Victor Pollak/Globo
Imagem: Victor Pollak/Globo

"Minha saída foi gerada por uma série de fatores, mas todos com o mesmo fundamento: eu ser militante, ativista, não hesitar em falar o que quero e causar nas pessoas um desconforto porque elas nem sempre estão preparadas para ouvir o que tenho a dizer", afirmou Hana, que garante não ter mágoa.

"Não levo rancor. Não me importo de as pessoas terem se incomodado comigo. Elas se incomodarem comigo foi um problema só delas, não meu. Foi um jogo. Eu posso ser amada ou odiada, só não posso ser ignorada e isso é meu mantra desde que nasci."

Outro fator também pesou para Hana: Alan, com quem ela estava vivendo um romance na casa. 

"Queria ficar mais tempo com ele. Para mim, o jogo estava muito gostoso, mesmo sendo alvo de algumas pessoas."

"O que pegou foi que algumas pessoas agiam de uma forma comigo e depois falavam de mim pelas costas. Isso me trouxe um susto muito grande. Por isso eu gostaria de ver Diego fora da casa", afirmou Hana ontem, antes do resultado do paredão. 

Hana agora quer continuar com sua carreira de youtuber em seu canal, no qual ela fala principalmente sobre o veganismo e que tem 150 mil inscritos.

"Chega de farra [rindo], já estou focada em reuniões, trabalhos e concentrada nas minhas metas. Adoro dar entrevistas e amei fazer a 'Rede BBB' [no site GShow], esse tête à tête com câmera, microfone. O 'Big Brother' me ajudou a expor melhor as minhas ideias e foi muito bom para as pessoas conhecerem um pouco mais o meu trabalho."

Entre os planos de Hana, que é bacharel em cinema, está também o de se tornar uma apresentadora. Entre seus espelhos na função estão Tatá Werneck, Tiago Leifert, Pedro Bial, Titi Müller e Didi Wagner. 

Nas edições anteriores do "BBB", os participantes posavam para ensaios fotográficos ousados e com pouca roupa, opção que não passa pela cabeça da youtuber.

"Não faria fotos sensuais porque acho incoerente com meu discurso como mulher feminista. Fotos sensuais são, na maior parte das vezes, para consumo masculino, então não é emponderador. Eu não faria algo para o consumo masculino". 

Sem miséria

O fato de ser vegana, ou seja, que não consome nada que venha de origem animal, não prejudicou Hana em seus dias na casa do "BBB19". Segundo ela, havia fartura nas opções apresentadas pelo programa.

"Conseguia me alimentar perfeitamente. No mercado tinha  tudo disponível: todos os vegetais, lentilha, grão-de-bico, feijão, várias coisas legais. Fiquei com muita ansiedade na casa, então eu não comia muito por causa disso. Mas ninguém torceu o nariz. E nas festas, as comidas eram incríveis e todo mundo provou as opções veganas. Todo mundo viu que dá para comer legal sendo vegana."

Especial BBB19