PUBLICIDADE
Topo

Televisão


"Jornal Nacional" com Maju bate recorde de audiência aos sábados em 2019

Maria Júlia Coutinho na bancada do "Jornal Nacional" pela primeira vez - Reprodução/TV Globo
Maria Júlia Coutinho na bancada do "Jornal Nacional" pela primeira vez Imagem: Reprodução/TV Globo

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

18/02/2019 19h01

O "efeito Maju" impulsionou a audiência do "Jornal Nacional". A edição marcada pela estreia de Maria Júlia Coutinho na bancada, no último sábado (16), rendeu ao telejornal recorde de audiência aos finais de semana em 2019.

Em São Paulo, o "JN" marcou 28,7 pontos, cinco a mais do que a média nos quatro sábados anteriores. No Rio de Janeiro, alcançou 28 pontos (quatro acima da média). No PNT (Painel Nacional de Televisão), que engloba 15 cidades, registrou média de 27 pontos, três a mais do que nos últimos quatro sábados.

O "JN" com Maju teve mais audiência do que a edição especial a respeito do rompimento de uma barragem em Brumadinho (26,3 pontos em São Paulo).

Nos últimos quatro meses, apenas as duas edições que antecederam o primeiro e o segundo turno das eleições, em 6 e 27 de outubro, deram mais audiência do que Maju.

Cada ponto no Kantar Ibope equivale a 73 mil domicílios em São Paulo, 46,1 mil no Rio de Janeiro e 254,8 mil no PNT.

A jornalista também bombou na internet. Segundo a Globo, "Maju Coutinho Jornal Nacional" rendeu mais de 100 mil pesquisas no Google. "Maju" ficou entre os assuuntos mais comentados no Twitter mundial durante quatro horas.

O sucesso e a curiosidade têm explicação. Em 50 anos de "JN", foi a primeira vez que uma mulher negra apresentou o telejornal.

Televisão