PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Luís Ricardo sonha com programa próprio no SBT: "Queria ser testado"

Luís Ricardo participa do programa "Superpop", da RedeTV - Reprodução/RedeTV!
Luís Ricardo participa do programa "Superpop", da RedeTV Imagem: Reprodução/RedeTV!

Jonathan Pereira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/02/2019 23h56

Luís Ricardo relembrou os tempos de Bozo e seus 36 anos de carreira no "Superpop" de hoje. O apresentador, que viveu o palhaço mais famoso da TV nos anos 80 e segue até hoje no SBT apresentando sorteios da TeleSena e substituindo eventualmente Silvio Santos nos programas do Baú da Felicidade, gostaria de novos desafios.

"Aposentar não existe, mas de vez em quando cansa, e você pensa até que ponto é válido. Acho que eu queria ser testado. 'Poxa, esse [programa] é feito para o Luís Ricardo'", sonha, aos 56 anos. "Não tenho ideia de como seria. Eu adoro criança, porque não voltar com 'Gente Inocente', 'Novos Talentos'? O contato com criança, estar junto, aprender, eu adoraria".

Os tempos em que era um dos atores a se vestir de Bozo não foram esquecidos. "Foi um fenômeno. A ideia partiu do Silvio, de tirar o programa grande e deixá-lo atendendo só o telefone. Deu um 'tilt', explodiu a central telefônica de São Paulo de tanta ligação. Ele tomou uma multa".

O acidente ao vivo no "Programa do Ratinho", quando sofreu queimaduras fazendo um número de pirotecnia, também foi assunto. "Uma fatalidade. Não foi culpa de ninguém, foi excesso de querosene. Perigoso foi, e muito. O perigo era eu ter inspirado isso".

Luís Ricardo recebeu os primeiros socorros no camarim da emissora. "Quando fui para o ambulatório colocaram imediatamente uma bolsa de gelo em cima. Fui para casa dirigindo, todo o tempo tirando o excesso de pele. Quando cheguei no hospital, tinham queimaduras de segundo e terceiro graus. O [cirurgião] plástico queria fazer um enxerto, mas não precisou. No 17º dia estava gravando".

Televisão