PUBLICIDADE
Topo

Especial BBB19

Tereza chora e pede ajuda do público: "Ser mãe é difícil, sou rejeitada"

Tereza pede permanência no jogo e reclama da postura dos colegas - Reprodução/Globoplay
Tereza pede permanência no jogo e reclama da postura dos colegas Imagem: Reprodução/Globoplay

Stefanie Gaspar

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/02/2019 00h08

Magoada por ter sido indicada com quatro votos ao paredão de hoje, Tereza pediu ajuda ao público para continuar no reality. A pernambucana usou seus trinta segundos de justificativa para reafirmar que está sendo vítima de perseguição dentro do confinamento.

"Esse jogo é muito difícil. Ser mãe é muito difícil. Por isso estou sendo rejeitada na casa. Eu quis trazer para vocês uma mulher nordestina com garra. E isso estou fazendo. Deixem uma mulher de 53 anos continuar nessa brincadeira", argumentou Tereza, após ir até o banheiro e chorar durante alguns minutos.

Indicado ao paredão triplo por Isabella, que atendeu o Big Fone, Alan manteve a mesma justificativa de sua passagem anterior pela berlinda: "Quero pedir desculpas por estar aqui novamente. mas preciso que me apoiem. O meu jeito é esse mesmo. tento estar em harmonia. Por impulso posso estar magoando alguém, mas tento ser coerente. Estou vivendo um sonho. Vim para ser campeão". 

Isabella, indicação da líder Elana, mostrou estar revoltada com a acusação da piauiense de que não se preocupa com a saúde da colega. "Diferentemente do que a líder falou falou, eu jogo limpo, estou sendo eu, tem muita verdade no meu jogo", disparou a loira. Elana reclamou que Isabella deu a ela o castigo do monstro mesmo sabendo que a colega estava com muita dor na lombar.

Especial BBB19