PUBLICIDADE
Topo

Famosos


"Fui à igreja antes de gravar", diz ator católico sobre surra em Jesus

Eduardo Parlagreco interpreta  soldado Terencius, que surra Jesus (Dudu Azeved) na novela da Record  - Divulgação/Record
Eduardo Parlagreco interpreta soldado Terencius, que surra Jesus (Dudu Azeved) na novela da Record Imagem: Divulgação/Record

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

26/03/2019 04h00

A cena da flagelação de Jesus, prevista para ir ao ar hoje na novela da Record, mexeu muito com a emoção do intérprete do soldado Terencius. Eduardo Parlagreco, 25, revelou ter sofrido bastante antes e depois das gravações realizadas no início de março.

"Foi impactante demais. É duro porque nós sabemos que aquela barbárie era uma prática comum contra os cristãos nos séculos passados. Sou católico e senti necessidade de pedir perdão. Fui à igreja antes de gravar a cena para rezar e fiz muitas orações depois também. Claro que todo ator sonha em fazer um vilão, ter um papel forte, mas açoitar Jesus não era o que eu esperava", entregou.

"O Dudu Azevedo interpretando Jesus foi incrível", elogiou.

Antes de trabalhar na Record, Eduardo fez algumas participações na TV Globo - Reprodução/Instagram/@eduparlagreco
Antes de trabalhar na Record, Eduardo fez algumas participações na TV Globo
Imagem: Reprodução/Instagram/@eduparlagreco
Antes de trabalhar na Record, Eduardo fez algumas participações na TV Globo. A mais expressiva foi na minissérie "Os Dias Eram Assim", em 2017, quando foi chamado para ser um gogo boy contratado pela personagem de Susana Vieira, Cora, após ser desprezada por Amaral (Marco Ricca).

"Era para dançar, simular strip-tease, parecer parcialmente nu e só. Um capítulo. Nem nome ele tinha. A pedido da própria Susana, ele ganhou mais cenas, virou Charles e a participação ficou um pouco maior. Aquela cena bombou e deu o que falar nas redes sociais. Foi ótima a repercussão", relembra.

Eduardo está agora gravando dois filmes. "Gostei de fazer novelas e espero receber logo novas propostas de trabalho", completa.

Famosos