Topo

Televisão


Globo exibe beijo gay em série no dia que STF tem maioria contra homofobia

Kleber (Kelner Macêdo) e Décio (Bruno Garcia) se beijam em "Sob Pressão" - Reprodução/TV Globo
Kleber (Kelner Macêdo) e Décio (Bruno Garcia) se beijam em "Sob Pressão" Imagem: Reprodução/TV Globo

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

24/05/2019 02h26

A TV Globo exibiu um beijaço entre dois personagens gays durante cena de hoje à noite da série "Sob Pressão".

Na sequência, Kleber (Kelner Macêdo) se aproxima de Décio (Bruno Garcia) e questiona. "E aí, lembra de mim?". "Quase eu não te reconheci sem a purpurina", responde o médico. "Está de plantão ou foi liberado?", pergunta Kleber. "Você parece ser um cara legal, mas é meu paciente. Existe um código de ética médica que eu tenho que seguir. Me desculpa", lamenta.

Kleber não desiste e lembra ao médico que ele já recebeu alta. É aí que o beijo acontece.

"Zero problema em dar um beijo na boca de outro homem, pelo contrário, é até um desafio dramatúrgico maravilhoso", explicou Garcia em entrevista ao site oficial da série.

"A gente está fazendo um seriado que é realista. Não tem discussão: 'Vamos dar o beijo e é isso, vamos só cuidar para que a cena seja delicada e não pareça apelativa'", justificou o ator.

A cena, que movimentou as redes sociais, aconteceu no mesmo dia em que seis dos onze ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiram pela criminalização da homofobia. Eles também votaram pela equiparação da prática da homofobia ao crime de racismo.

Apesar de já haver maioria, a decisão só passa a valer após o fim do julgamento, ou seja, quando todos os ministros votarem. O julgamento será retomado no dia 5 de junho.

As ações que pedem a criminalização da homofobia foram impetradas pelo antigo PPS (hoje Cidadania), pela ABGLT (Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transgêneros) e pelo Grupo Gay da Bahia.