PUBLICIDADE
Topo

"Me criticavam muito por estar trabalhando grávida", diz Tatá Werneck

Tatá Werneck faz desabafo sobre gravidez - Reprodução/Instagram
Tatá Werneck faz desabafo sobre gravidez Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, no Rio

12/07/2019 12h09

Grávida de seis meses de sua primeira filha, Tatá Werneck estreia a nova temporada do Lady Night na segunda-feira (15) no Multishow. A apresentadora, que sofre de hiperêmese gravídica, uma complicação da gestação que causa enjoos e náuseas frequentes, precisou gravar o programa com um balde debaixo da mesa e até interrompeu uma entrevista.

"Na entrevista com Fátima Bernardes, enjoei tanto que peguei o balde e saí... Não queria mascarar o que estava sentindo. Muitas mulheres não podem dizer isso no trabalho, as pessoas acham que é frescura", contou ela em entrevista ao jornal O Globo de hoje.

Tatá disse que foi muito julgada por continuar trabalhando, mesmo passando mal. "Ouvi coisas terríveis por estar passando mal e gravando. As pessoas me criticaram muito por eu estar trabalhando grávida, nessas condições. Não entendiam que eu queria trabalhar e mostrar essa dificuldade".

Ela afirma ter ouvido pessoas falando que se recusariam a gravar com uma mulher passando mal. "As pessoas repetem coisas cruéis sem saber... Têm vontade de opinar sobre coisas que não dizem respeito a elas."

Tatá e Rafael Vitti esperam uma menina, com previsão para nascer em outubro e ainda sem nome definido pelos pais. "Rafa queria Cora, eu pensei em Maria, Maria Teresa ou Manoa".